Meteorologia

  • 25 MAIO 2024
Tempo
25º
MIN 13º MÁX 25º

Para adormecer em poucos minutos, experimente esta técnica militar

É conhecida há vários anos e está a circular pelas redes sociais.

Para adormecer em poucos minutos, experimente esta técnica militar
Notícias ao Minuto

17:39 - 24/03/23 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Sono

Insónias, más noites de sono e dificuldade em adormecer são problemas comuns. Se já experimentou várias técnicas, há mais uma a circular nas redes sociais que promete ser a solução. É a chamada técnica militar do sono.

Segundo o 'website' Glam foi pela primeira vez apresentada em 1981 pelo autor Lloyd Bud Winter no seu livro  "Relax and Win: Championship Performance". Percebeu que o exército dos Estados Unidos tinha um sistema próprio para fazer com que os soldados adormecessem rapidamente para aumentar o tempo de descanso.

Leia Também: Está quase! É já no domingo que vai 'perder' uma hora de sono

A técnica chegou às redes sociais nos últimos anos e tem sido bastante partilhada, mais recentemente no TikTok. Deve começar por apertar os músculos faciais e depois relaxá-los até que voltem à posição normal.

Deve depois deixar os ombros caírem e os braços também em direção ao chão. O peito também deve ser relaxado para libertar todas as tensões. Depois destes exercícios, é provável que consiga dormir em poucos minutos.

Tente sempre visualizar um cenário calmo. Se não o conseguir, pode apenas repetir as palavras 'não pensar' durante 10 segundos. Justin Agustin divulgou um vídeo sobre esta técnica de sono militar e foi partilhado mais de 127 mil vezes.

Pode experimentar, ainda assim, não é seguro que funcione a 100% para todas as pessoas.

Leia Também: Privação de sono também prejudica a saúde oral. Saiba como

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório