Meteorologia

  • 08 FEVEREIRO 2023
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 12º

Gastar balúrdios em roupa de festa? Pedir emprestado é o que está a dar

A época dos jantares de Natal está a chegar e, com ela, as dúvidas sobre o que vestir. Para ajudar, surgiu a Allegra. A marca tem vestidos e conjuntos para alugar a preços bem catitas. É só escolher.

Imagine este cenário: recebeu um convite para uma festa, não tem mãos a medir com os preparativos e, pior, nada para vestir. É o pesadelo de qualquer mulher. Vai daí, gasta um balúrdio num vestido, comprado por impulso, que encosta a um canto do armário e que só usa 'quando o rei faz anos'. Porque não alugar? 

"Quando as nossas amigas começaram a casar, notámos que quando o tema era roupa existia sempre 'drama'. A oferta era pouca e a que havia não garantia a exclusividade que procurávamos. Foi então que começámos a personalizar os vestidos que comprávamos e a ajudar outras mulheres a alterar os seus até que percebemos que havia espaço para criar modelos nossos de raiz", começa por contar a psicóloga e empresária Isabel Raposo, de 23 anos, ao Lifestyle ao Minuto. Com as designers Carlota Bravo, de 35, e Maria Bastos, de 28, forma o trio português responsável pela Allegra, uma nova marca portuguesa de roupa de festa de mulher, lançada no final do verão.

As amigas alugam vestidos e conjuntos a partir de 49 euros e, neste momento, têm sete opções em stock. "O modelo de negócio, ou seja a possibilidade de alugar, surgiu devido à experiência de comprar um look que é usado uma ou duas vezes e fica para lá esquecido no armário. Não queremos contribuir para isso", diz Isabel.

Leia Também: As peças mais cool da estação são desta marca orgulhosamente portuguesa

As peças são totalmente produzidas em Portugal, mais concretamente em Lisboa, e, sempre que possível, a partir de materiais reciclados. Mais: "Fazemos produções muito pequenas e marcamos as nossas peças como quem marca uma peça de arte".

O nome Allegra reflete o espírito das fundadoras. "Queríamos que deixasse de ser uma marca de três amigas para tornar-se numa espécie de personalidade". Um alter ego, digamos. "É uma miúda a quem a idade não interessa - tal como nós, que somos de três gerações diferentes. É otimista, criativa, espontânea, alegre, simples, mas muito elegante. Não troca nada pelo conforto porque sabe que sem ele não consegue ser quem é a 100%. É divertida e tem muito sentido de humor, é atenta, observadora e não deixa ninguém 'na mão'. É romântica e sonhadora. Qualquer coisa é motivo de festa. É daquelas que fecha os olhos a dançar ou que fica com 'pele de galinha'. A Allegra é das primeiras a chegar e das últimas a sair, é a alma da festa", resume a mais nova do trio de empreendedoras.

Leia Também: Machico, a nova marca muito cool de camisas havaianas sem género

Para adquirir os modelitos terá de fazê-lo através da loja online da marca. Mas só "por enquanto". As fundadoras pretendem que a Allegra "viaje por novos mercados, que venha a ter um espaço onde possa receber as clientes e que se torne naquela amiga que empresta vestidos a todas as mulheres". 

Os preços variam entre os 120 e os 180 euros. Se optar pelo aluguer, começam nos 49 e podem chegar aos 79 euros, dependendo do modelo escolhido. As clientes podem ficar com as peças durante quatro dias. Já a lavagem fica por conta da própria marca.

Percorra a galeria e espreite algumas das opções disponíveis.

Leia Também: Conheça o casal que trocou a venda de casas pela decoração de interiores

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório