Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 14º

Luís Carvalho: "Não podemos desenvolver sem pensar em sustentabilidade"

No arranque da edição número 59 da ModaLisboa, que decorre até domingo, 9 de outubro, no espaço Lisboa Social Mitra, sob o tema 'Oásis', o Lifestyle ao Minuto esteve à conversa com o 'designer' português.

Luís Carvalho: "Não podemos desenvolver sem pensar em sustentabilidade"
Notícias ao Minuto

08:38 - 06/10/22 por Ana Rita Rebelo

Lifestyle ModaLisboa

A primeira edição da ModaLisboa realizou-se em abril de 1991. Nesse ano, 13 criadores apresentaram, no Teatro São Luiz, propostas para o inverno de 1991/92. Em 2013, Luís Carvalho estreou-se no grande certame da moda na capital. De lá para cá, tem somado distinções, é reconhecido por vestir inúmeras figuras mediáticas nacionais e internacionais e é nome indissociável das passerelles portuguesas.

Com quase uma década de marca, o criador português não esconde as dificuldades com que se depara no país. Para Luís Carvalho, a evolução na moda em Portugal tem sido "difícil e lenta".

"Temos poucos recursos, poucos apoios e o crescimento é muito feito a pulso. Depende muito da nossa vontade de crescer", justifica, sublinhando que "ainda há um grande caminho a percorrer".

Leia também: Buzina. "As pessoas diziam que eu fazia sacos de batatas"

"A Modalisboa é, sem dúvida, uma forma de dar visibilidade à moda portuguesa", onde não faltam "pequenas peripécias". "Recordo-me que uma das manequins trocou os looks e usou-os na ordem errada. Numa outra edição, uma das modelos não entrou porque não conseguiu calçar os sapatos a tempo e a outra vestiram uma das peças ao contrário", conta. 

Batizada 'Summer in the City', a nova coleção de Luís Carvalho será apresentada este sábado, dia 8, na 59.ª edição do evento, que decorre até domingo, no espaço Lisboa Social Mitra, sob o tema 'Oásis'. Inspirada na arquitetura contemporânea das grandes cidades, é uma extensão da anterior, onde existe um 'mix' entre o urbano e descontraído com o clássico.  

Leia também: Gonçalo Peixoto: "A pandemia foi um recomeçar. 2021 foi o melhor ano"

Para a próxima estação quente, os fatos masculinos 'oversize' e monocromáticos são a tendência quente. O criador propõe silhuetas mais 'oversized' e retas. Quanto às cores, as peças que passarão pela passerelle lisboeta são pinceladas de branco, cinzento e o laranja flúor. Outra presença muito forte nesta coleção são os padrões de riscas e barras, e materiais como brocado, tafetá, sarja e popeline. 

Leia Também: Morreu a criadora de moda Manuela Gonçalves

A sustentabilidade é um valor que orienta cada vez mais as escolhas do criador, que demonstra uma vontade de reeducar a forma como consumimos moda. "Hoje em dia, não podemos desenvolver coleções sem pensar em sustentabilidade. É crucial que este tema faça parte do nosso processo de desenvolvimento, principalmente na seleção de materiais."

Com noção do mercado, Luís Carvalho  preocupa-se também em vestir corpos diferentes. "A moda serve para expressar todo o tipo de beleza e corpos e cabe-nos a nós - marcas e designers - tornarmo-nos cada vez mais inclusivos e adaptarmos as coleções e os tamanhos", conclui. 

Leia também: "No dia em que o William e a Kate casaram vendi o meu primeiro toucado"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório