Meteorologia

  • 04 OUTUBRO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 31º

Três posturas de yoga que ajudam a aliviar as cólicas mentruais

O Dia Internacional do Yoga assinala-se esta terça-feira, dia 21 de junho.

Três posturas de yoga que ajudam a aliviar as cólicas mentruais
Notícias ao Minuto

06:00 - 21/06/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Exercício físico

Muitas mulheres sofrem de sintomas menstruais dolorosos todos os meses, seja uma cólica ou uma dor forte na zona do abdómen. Essas pequenas contrações ​​ocorrem quando o útero liberta o revestimento que passou semanas a criar, contraindo-se para empurrá-lo para fora da vagina. Mas para além dos fármacos tradicionais, existem já muitas outras opções naturais que podem ajudar a reduzir o desconforto. Sabia que praticar yoga é um dos melhores 'analgésicos' para aliviar esta dor? 

A postura da criança, o arco ou o camelo, são algumas das posições benéficas utilizadas para aliviar fortes dores menstruais. "Yoga, caminhada e natação são atividades muito benéficas para as mulheres com fortes sintomas menstruais. No caso do yoga, graças ao alongamento suave, estas dores são aliviadas, mas nem todos os exercícios ajudam, pois, aqueles em que a pélvis se levanta acima da cabeça são desaconselhados ​​durante estes dias do mês.  O importante é ouvir o corpo para conhecer as suas necessidades", explica Pilar Ruiz, responsável de comunicação da Intimina Ibérica, em comunicado.

Como tal, a marca sueca dedicada aos cuidados da saúde íntima feminina, recomenda algumas posturas de yoga que podem ajudar a diminuir as cólicas e as dores menstruais:

1- Postura da criança

Esta postura é ótima para as dores nas costas e super fácil de fazer.

Como fazer: Comece de joelhos. Baixe as nádegas em direção aos calcanhares. Sente-se ereta, expire e estique o corpo para baixo e para a frente, de forma a que o estômago repouse nas coxas. Estenda os braços acima da cabeça e descanse os braços ao longo do chão, apoiando a testa no tapete. Mantenha o olhar para dentro com os olhos fechados. Deve sentir um leve alongamento nos ombros, nas nádegas e ao longo da coluna e dos braços. Fiquem em posição por até um minuto ou mais, respirando suavemente. Para soltar, use as mãos para caminhar suavemente com o corpo ereto e sente-se sobre os calcanhares.

Dica: Se tiver dificuldade em pousar as nádegas nos calcanhares, coloque um cobertor grosso dobrado entre a parte de trás das coxas e dos gémeos.

2- Postura do arco

Esta postura alonga toda a frente do corpo, aliviando cãibras e o inchaço.

Como fazer: Comece deitada de bruços com os pés na largura do quadril e os braços ao lado do corpo. Ao expirar, dobre os joelhos e alcance as mãos para apoiar os tornozelos externos. Inspire e levante os calcanhares em direção ao teto, levantando as coxas para cima e para fora do tapete. A cabeça e o peito também serão levantados do tapete. Levante os calcanhares e as coxas e traga as omoplatas para a parte superior das costas. Olhe para frente enquanto respira suavemente. Mantenha a pose por quinze a vinte segundos. Para soltar, expire e baixe lentamente as coxas antes de soltar os tornozelos e baixar as pernas e os pés no chão. Retorne à posição inicial e relaxe.

Dica: Não pratique esta postura se tiver uma lesão nas costas ou no pescoço, ou se tiver pressão alta ou baixa.

3- Postura do camelo

Esta postura alonga os músculos dos abdominais e os fletores do quadril, aliviando a dor e o desconforto.

Como fazer: Ajoelhe-se no tapete, com os joelhos afastados na largura dos quadris. Coloque as mãos nos quadris. A parte superior dos pés deve ficar plana no tapete. Alongue a coluna e incline-se para trás, colocando as mãos nos calcanhares. Se achar difícil tocar com as mãos nos pés, dobre os dedos dos pés para levantar os calcanhares. Alongue o pescoço e deixe a cabeça enrolar para trás. Para um alongamento mais profundo, levante um braço ao longo da orelha enquanto apoia um calcanhar com o outro. Fique assim por duas respirações e depois troque de braço. Mantenha essa postura cerca de 5 respirações.

Dica: tenha cuidado para não trazer a cabeça muito para trás até que o pescoço fique tenso. Mantenha o pescoço estendido numa posição confortável durante toda a pose.

Leia Também: Yoga na gravidez e no pós-parto: Os benefícios e os cuidados a ter

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório