Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
32º
MIN 16º MÁX 35º

Inhame, o tubérculo que promove a produção de hormonas sexuais femininas 

A rubrica 'Alimento do Mês' apresenta, este mês de janeiro, o inhame. Quem escreve sobre ele é Noélia Arruda, nutricionista especializada em nutrição clínica.

Inhame, o tubérculo que promove a produção de hormonas sexuais femininas 
Notícias ao Minuto

08:00 - 18/01/22 por Ana Rita Rebelo

Lifestyle Alimento do mês

Em Portugal, o inhame é um alimento muito comum na alimentação dos Açorianos. Os solos vulcânicos e húmidos são propícios ao seu desenvolvimento nos terrenos de cultivo. Devido à atividade vulcânica, os inhames cultivados nos solos em que os lençóis de água são quentes e ficam muito mais macios do que aqueles cultivados em zonas lamacentas. 

Os inhames são tubérculos com um tamanho que vai dos cinco aos 10 centímetros de diâmetro.  Antigamente era um alimento muito utilizado para substituir o pão ou a batata e assim saciar a fome. Atualmente, o inhame mantém-se à mesa dos açorianos e existem várias receitas em que é utilizado como ingrediente principal, de opções doces a salgadas. O inhame pode ser cozido com água e sal ou frito e utilizado como acompanhamento. Também fica delicioso quando colocado nas sopas, em vez da batata, ou nas famosas queijadas.

O inhame é um excelente hidrato de carbono, rico em: proteínas, vitamina C, vitaminas do complexo B. As vitaminas B3 e B6 tem função ao nível dos neurotransmissores e equilibro das hormonas femininas contribuindo para redução do stress e melhorando a implantação.

É um alimento com muitos benefícios para a saúde:

  • Combate a prisão de ventre;
  • Tem índice glicémico baixo o que ajuda no controlo dos níveis de açúcar no sangue, controla o colesterol e a tensão arterial;
  • Em termos de saúde feminina o inhame diminui os sintomas da TPM e menopausa - É um alimento fundamental para a 'dieta da fertilidade'.

Uma excelente dica para mulheres com problemas de fertilidade, o inhame deve ser consumido durante todo o ciclo menstrual porque possui um fito esteroides – diosgenina – que estimulam a produção de hormonas sexuais femininas e aumentam a hipótese da mulher engravidar. Esta e outras dicas podem ser encontradas no livro "Manual para a fertilidade, gravidez e amamentação".

Leia Também: Curcuma, a raiz que reduz o colesterol e ajuda a tratar artrites

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório