Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Covid-19 grave aumenta risco de morte nos anos seguintes, diz estudo

Esta é a principal conclusão de uma investigação conduzida pela Universidade da Florida, nos Estados Unidos, divulgado na Frontiers in Medicine.

Covid-19 grave aumenta risco de morte nos anos seguintes, diz estudo

Quase dois anos depois de o mundo ter sido confrontado com um novo coronavírus, os peritos em vírus têm agora uma outra visão sobre as consequências da Covid-19. Segundo um estudo da Universidade da Florida, nos Estados Unidos, divulgado na Frontiers in Medicine, os indivíduos que sobrevivem a Covid-19 grave têm mais do dobro de hipóteses de morrer no ano seguinte do que aqueles que não foram infetados ou que apresentam sintomas virais ligeiros.

A investigação, citada pelo The Guardian, sugere que a Covid-19 prejudica  a saúde a longo prazo. De acordo com o estudo, apenas 20% dos óbitos ocorreram na sequência de complicações típicas da Covid-19, como insuficiência respiratória. Quer isto dizer que os indivíduos infetados apresentam um declínio geral na saúde, pelo que ficam mais vulneráveis.

Os investigadores recorreram a registos eletrónicos de 13 638 indivíduos submetidos a teste PCR. No total, 178 apresentavam sintomas graves, 246 ligeiros ou moderados e os restantes eram negativos. O risco de morte é maior para pessoas com menos de 65 anos.

Leia Também: Estudo alerta para danos cerebrais causados pela Covid-19

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório