Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Há cura para a gaguez? Descubra o que dizem os médicos

No Dia Internacional da Gaguez, desvendamos a resposta a uma das principais dúvidas.

Há cura para a gaguez? Descubra o que dizem os médicos
Notícias ao Minuto

10:55 - 22/10/21 por Notícias ao Minuto 

Lifestyle Dia Internacional da Gaguez

Passemos já ao 'elefante azul na sala': a resposta é não. Contudo, quer em crianças como em adultos, esta realidade não tem de ser um problema no dia a dia. Apesar de não desaparecer sozinha, a gaguez pode ser controlada através da intervenção precoce de um terapeuta da fala.

Quer estejamos perante uma gaguez transitória ou crónica, "um terapeuta da fala ajuda-o a adquirir estratégias para diminuir os fatores que estão a interferir com a fluência do discurso e a eliminar o medo de comunicar perante determinados interlocutores e/ou situações sociais", pode ler-se no portal da CUF.

Dados da CUF referem que a condição afeta quase 70 milhões de pessoas no mundo e cerca de 100 mil portugueses, sendo mais comum entre os homens. 

Sendo assim, como lidar com a gaguez? Veja, abaixo, seis conselhos que pode e deve pôr em prática. 

1- Evite pedir à pessoa para falar mais devagar ou para ter calma.  

2- Não termine as palavras nem tente falar pela pessoa.

3- Espere a sua vez para falar.

4- Fale com a pessoa com calma e faça pausas frequentes.

5- Mostre que está atento ao conteúdo da mensagem e não à forma como é dita.

6- Não faça da gaguez um assunto tabu.

Leia Também: Bebe álcool em excesso? Sintomas precoces de doenças incuráveis do fígado

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório