Meteorologia

  • 14 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Plataforma identifica anticorpos da Covid-19 entre 10 a 12 segundos

Investigadores da Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, usaram uma plataforma de biossensor à base de nanomateriais de modo a detetar, em segundos, anticorpos contra o novo coronavírus SARS- CoV-2, causador da doença da Covid-19.

Plataforma identifica anticorpos da Covid-19 entre 10 a 12 segundos

O novo estudo foi divulgado no Advanced Materials, conforme reporta um artigo publicado na revista Galileu. 

A tecnologia desenvolvida pelos investigadores norte-americanos consegue identificar a presença de dois dos anticorpos do coronavírus, nomeadamente a proteína spike S1 e o domínio de ligação ao receptor (RBD), em amostras diminutas de sangue de aproximadamente cinco microlitros.

A descoberta dá-se através de uma reação eletroquímica num dispositivo microfluídico portátil que envia diretamente os dados para um software que pode ser instalado em smartphones, explica a Galileu. 

"Utilizamos os mais recentes avanços em materiais e fabricação, como impressão 3D de nanopartículas, para criar um aparelho que detecte rapidamente anticorpos contra a Covid-19", revelou Rahul Panat, professor associado de engenharia mecânica na Carnegie Mellon, num comunicado enviado à imprensa. 

Segundo a revista Galileu, a agilidade do processo ocorre sobretudo por meio de uma técnica de impressão 3D de jato de aerossol. De seguida, elétrodos micropilares de ouro são impressos em nanoescala recorrendo à utilização de gotículas de aerossol. Tal provoca uma superfície áspera e irregular que resulta numa zona de superfície aumentada dos micropilares e numa reação eletroquímica aprimorada, onde os anticorpos se fixam aos antígenos revestidos no eletrodo.

O método possibilita que os micropilares transportem mais proteínas para identificação, o que por sua vez gera resultados céleres e extremamente exatos.

De acordo com os cientistas, o teste apresenta um índice de erro bastante reduzido visto que a reação relativa à associação entre o anticorpo e o antígeno é profundamente seletiva.

A técnica deverá auxiliar nos estudos sobre vacinas contra o SARS-CoV-2.

"Porque a nossa técnica pode quantificar a resposta imune à vacinação, é muito relevante no momento atual", salienta Panat.

Adicionalmente à Covid-19, a plataforma poderá igualmente ser utilizada na deteção de biomarcadores para outros vírus, como o do ébola ou do VIH

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório