Meteorologia

  • 14 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 20º

Edição

Covid-19. Ar fresco é a arma subestimada que reduz o contágio

Abra as janelas.

Covid-19. Ar fresco é a arma subestimada que reduz o contágio

De acordo com um artigo publicado no site da BBC News, para um médico, o conceito das pessoas manterem as janelas fechadas "faz a cabeça explodir de raiva".

Já um engenheiro afirma que envergonha - sem qualquer pudor - a família em restaurantes "ao tentar aumentar a ventilação de ar fresco".

Ambos os homens integram um corpo crescente de especialistas preocupados com o modo como o novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, pode se acumular em espaços mal ventilados.

Para eles as autoridades tem a obrigação de enfatizar a relevância do ar exterior.

O grande problema

Segundo o médico Eilir Hughes, que dirige um centro de saúde no norte do País de Gales, no Reino Unido, o slogan do governo britânico "mãos, espaço (distanciamento), rosto", não é suficiente.

Para o médico substituir o ar numa sala por ar fresco, vindo de fora do ambiente, pode reduzir drasticamente o risco das pessoas serem infectadas.

O que a ciência diz?

Em julho, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que existe a possibilidade do SARS-CoV-2, ser propagado além de através de gotículas expelidas por tosse e espirros, por partículas microscópicas expelidas pela respiração e fala que permanecem suspensas no ar. 

A BBC aponta, que as autoridades norte-americanas foram ainda mais longe, ao admitirem que a inalação de gotículas e aerossóis "é considerada a principal via de propagação do vírus".

Ora, perante esse risco exacerbado, lavar e desinfetar as mãos, o distanciamento social e o uso de máscaras não são garantia absoluta de proteção.

O 'poder' das janelas abertas

Shaun Fitzgerald, professor de Engenharia da Universidade de Cambridge, crê que é essecial manter as janelas abertas para combater a proliferação do novo coronavírus e tem como missão pessoal melhorar a ventilação sempre que possível. Isso inclui tentar abrir janelas que foram seladas ou não receberam manutenção por anos.

"Recuso-me a estar num lugar que não seja bem ventilado", conta.

Fitzgerald afirma que estudos revelam que um bom suprimento de ar fresco para diluir e dispersar o vírus, podendo assim diminuir o risco de infecção em 70% a 80%.

"A minha maior preocupação é que, com a nova cepa do vírus, sabemos que manter os aerossóis em nível baixo será ainda mais importante e isso significa manter os locais com ventilação adequada", conclui Fitzgerald.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório