Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2020
Tempo
17º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Coronavírus: Vacina de Oxford e AstraZeneca "estará pronta no Natal"

A vacina contra o novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, que está atualmente a ser desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca é vista como um dos tratamentos mais promissores para combater o vírus letal; e agora, um professor que lidera o projeto de investigação afirma que "estará pronta no Natal".

Coronavírus: Vacina de Oxford e AstraZeneca "estará pronta no Natal"

O professor Adrian Hill, fundador e diretor do Instituto Jenner da Universidade de Oxford, no Reino Unido, afirma que a vacina irá ser aprovada na altura do Natal e que poderá ser administrada de imediato a médicos e enfermeiros, além da população idosa ou doente, antes da conclusão do ensaio clínico. 

Hill aponta ainda que a vacina será disponibilizada para o resto da população no ínicio de 2021. 

De acordo com um artigo publicado no jornal Daily Mail, enquanto se reunia online com membros do Magdalen College de Oxford, o professor disse: "a licença inicial será para uso de emergência, e não terá uma aprovação total. Acredito que estará pronta no Natal". 

"As entidades de saúde quererão mais dados acerca da segurança e talvez da sua eficácia antes de vacinarem a população em massa. Neste país, as nossas prioridades são bastante claras... primeiro vamos vacinar os indivíduos de alto risco, antes de imunizar os mais jovens e  saudáveis que apresentam um risco menor. E acredito que a maioria dos países fará o mesmo". 

Neste momento, a vacina de Oxford está na Fase III dos ensaios clínicos que incluem mais de 20 mil voluntários do Reino Unido, Brasil, África do Sul e do Japão. 

A vacina, denominada ChAdOx1 nCoV-19, é formulada através de uma versão enfraquecida do vírus de um tipo de gripe que provoca infeções nos chimpanzés, e que foi geneticamente modificada de modo a funcionar no organismo dos seres humanos. 

Os especialistas explicaram: "ao vacinarmos [as pessoas] com a ChAdOx1 nCoV-19, esperamos que o corpo humano a reconheça e desenvolva uma resposta imunitária contra a proteína spike, que irá assim impedir a entrada e instalação do SARS-CoV-2 nas células humanas e consequentemente prevenir a infeção". 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório