Meteorologia

  • 04 JULHO 2020
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 34º

Edição

Doença misteriosa relacionada com Covid-19 está a afetar jovens adultos

Vários pacientes com pouco mais de 20 anos já foram hospitalizados com a doença, incluindo um jovem com 20 anos em San Diego e um de 25 em Nova Iorque, nos Estados Unidos, revela uma nova pesquisa.

Doença misteriosa relacionada com Covid-19 está a afetar jovens adultos

Uma doença misteriosa associada ao novo coronavírus tem sido amplamente noticiada pelos meios de comunicação nas últimas semanas, após inúmeros casos terem sido detetados em crianças de todo o mundo. 

A patologia é descrita como se tratando de uma 'síndrome inflamatória', semelhante à doença de Kawasaki e à síndrome de choque tóxico.  

E agora, os médicos alertam que a doença também se está a manifestar em jovens adultos, nomeadamente na casa dos 20 anos. 

Segundo o jornal The Washington Post, Vários pacientes com pouco mais de 20 anos já foram hospitalizados com a doença, incluindo um jovem com 20 anos em San Diego e um de 25 em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Assustadoramente, a patologia parece impactar mais severamente nos adultos, comparativamente às crianças. 

Em declarações ao Washington Post, Jennifer Lighter, médica pediatra de doenças infecciosas no NYU Langone, disse: "os doentes mais velhos apresentam um quadro mais grave". 

Soumya Swaminathan, médica e cientista-chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), disse em entrevista ao programa Andrew Marr Show, emitido pela BBC: "muito recentemente têm surgido casos de crianças que estão a ser internadas com uma síndrome estranha, algo que se assemelha a sépsis ou à doença de Kawasaki, e que provoca a inflamação dos vasos sanguíneos". 

"Todavia, ainda não está clara qual é a ligação entre a Covid-19 e esta síndrome. Isto porque há crianças que testam positivo para o novo coronavírus e não a desenvolvem".

"A OMS já discutiu este tema com um grupo internacional de pediatras acerca da melhor forma de abordar a condição, e da necessidade de recolhermos mais dados. Também já instruímos os médicos para fornecerem informações num formato padrão para que possamos saber mais sobre esta síndrome o mais rapidamente possível", disse a cientista. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório