Meteorologia

  • 09 JULHO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

E se o SARS-CoV-2 nunca desaparecer? Entenda o que é um vírus endémico

"O coronavírus pode tornar-se outro vírus endémico nas nossas comunidades e jamais desaparecer", afirmou Michael Ryan, diretor-executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS).

E se o SARS-CoV-2 nunca desaparecer? Entenda o que é um vírus endémico
Notícias ao Minuto

09:18 - 20/05/20 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Vírus endémico

No mundo inteiro, mais de 4,2 milhões de pessoas já foram infetadas com o novo coronavírus, entre as quais 300 mil morreram.

E segundo a BBC News, para a OMS permanece a incerteza relativamente a quando o contágio pode cessar e o facto de que o vírus pode como outros jamais desaparecer das nossas vidas. 

"O coronavírus pode tornar-se outro vírus endémico nas nossas comunidades e jamais desaparecer", afirmou Michael Ryan, diretor-executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS).

"É importante que sejamos realistas e não me parece que alguém possa prever quando a doença irá desaparecer", salientou Ryan. 

O que é um vírus endémico?

A agência governamental norte-americana Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) define este tipo de vírus da seguinte forma: "refere-se à presença constante e/ou prevalência habitual de uma doença ou agente infeccioso numa população de uma área geográfica". 

"Hiperendémico" é outra palavra que também é usada pelo CDC, e que remete para índices elevados e constantes da incidência de uma patologia.

Segundo Rosalind Eggo, especialista em doenças infecciosas da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, para a BBC: "a infecção endémica está presente Numa área permanentemente, durante o ano inteiro, o tempo todo, ano após ano".

VIH, varicela e malária: os vírus que jamais nos deixaram

É importante entender que um vírus endémico não significa viver num estado de 'eterna pandemia'. 

Ou seja, conforme explicou Ryan, sendo verdade que o novo coronavírus se pode tornar num vírus endémico, ao mesmo tempo poderão ser encontrados tratamentos e fármacos que o controlem.  

"O VIH [um vírus identificado há mais de quatro décadas] não desapareceu, mas encontramos uma maneira de conviver com o vírus. Encontramos tratamentos e métodos de prevenção. As pessoas não se sentem assustadas como no início e podemos garantir a vida de quem vive com o vírus", exemplificou. 

Ainda mais marcante é o caso de um outra doença que existe há séculos e que é provocada por um vírus endémico: a varicela. Entretanto, a malária é outra patologia do foro endémico há décadas e para a qual ainda não há uma vacina completamente eficaz. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório