Meteorologia

  • 25 MAIO 2020
Tempo
28º
MIN 17º MÁX 30º

Edição

Covid-19: Médico grava vídeo de técnica respiratória que alivia sintomas

A ideia é que ocorra uma expansão na parte inferior dos pulmões de modo a que o muco lá armazenado seja desalojado e expelido quando o doente tosse.

Covid-19: Médico grava vídeo de técnica respiratória que alivia sintomas
Notícias ao Minuto

08:55 - 09/04/20 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Sintomas da Covid-19

JK Rowling, a autora da coleção 'Harry Potter', está entre os mais de dois milhões de indivíduos que já visualizaram o vídeo do médico Sarfaraz Munshi e que cuja técnica de respiração os ajudou a recuperar da Covid-19. 

O médico de urgências no Queen's Hospital, em Romford, no Reino Unido, explica no vídeo divulgado no Today Show, no canal NBC, que a sua colega e chefe de enfermaria Sue Elliot, utiliza regularmente a técnica com pacientes internados nos cuidados intensivos. 

À medida que os sintomas da Covid-19 pioram, é normal que o doente experiencie falta de ar devido aos danos que o novo coronavírus causa nos pulmões. 

De modo a combater este processo, Munshi explica que é vital que aqueles que sofrem da infeção consigam fornecer à base dos pulmões a quantidade de ar necessária para funcionarem adequadamenre

No vídeo, o médico explica: "respire profundamente cinco vezes seguidas e cada vez que o faz sustenha a respiração durante cinco segundos". 

"À sexta vez, após inspirar profundamente tussa com força e cubra a boca", diz. 

"Repita este processo duas vezes e de seguida deite-se na cama de barriga para baixo com uma almofada à sua frente respirando ainda mais profundamente durante 10 minutos". 

Munshi explica que tal é necessário porque grande parte do órgão está localizado nas costas, e não na parte frontal do corpo humano. 

"Por favor tenha em atenção, esta é a parte mais importante da técnica, permanecer deitado na cama de barriga para cima por longos períodos de tempo contribui para que as vias respiratórias fechem", alerta o médico no vídeo. 

Munshi explica ainda que ao estarmos deitados de costas por longos períodos de tempo, aumentamos o risco de sofrer de atelectasia - condição em que um pulmão colapsa ou fecha.

Tal pode causar pneumonia secundária "que pode levar a um agravamento adicional da doença da Covid-19", conclui o clínico. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório