Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

O "calcanhar de Aquiles" da Covid-19 que pode ser derrotado com medicação

Investigadores da instituição Scripps Research em San Diego, nos Estados Unidos, afirmam que descrobriram uma parte específica do novo coronavírus, que é significativamente mais fraca, e que pode ser selecionada como alvo para tratar pacientes.

O "calcanhar de Aquiles" da Covid-19 que pode ser derrotado com medicação
Notícias ao Minuto

11:05 - 08/04/20 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Descoberta científica

O biólogo Ian Wilson que integra a pesquisa disse, ao jornal San Diego Union-Tribune, que o ponto chave é "possivelmente o calcanhar de Aquiles" do vírus. 

Wilson e uma equipa de investigadores fizeram a descoberta após examinarem anos antes um anticorpo removido de um paciente que sofria de SARS (vírus que pertence à mesma família da Sars-coV-2). 

Ele terá notado que o anticorpo se fixava numa parte específica do vírus SARS

E que esse mesmo anticorpo fixa-se igualmente no mesmo ponto na sequência molecular do novo coronavírus.

Esse local poderá ser então um ponto fraco na composição do vírus - e poderá ajudar os médicos e cientistas a encontrar uma cura, na forma de uma vacina ou medicamento. 

Um outro investigador, Meng Yuan disse ao mesmo jornal: "descobrimos que este (local) encontra-se geralmente escondido do vírus, e que apenas fica exposto quando aquela parte do vírus altera a sua estrutura, como aconteceria numa infeção natural". 

Os investigadores estão atualmente à procura de anticorpos capazes de se fixarem com mais força na área vulnerável do vírus, comparativamente àquele presente no SARS

Para tal necessitam da cooperação de indivíduos que tenham sobrevivido à Covid-19 e que estejam dispostos a doar o seu sangue, que poderá depois ser examinado e contribuir para a identificação de anticorpos. 

Os seres humanos têm cinco tipos básicos de anticorpos - porém, os cientistas estão em busca daqueles com maior capacidade de identificar e neutralizar o vírus. 

De acordo com os cientistas os anticorpos que as pessoas produzem para combater o Sars-coV-2 tendem com o passar do tempo a tornar-se mais fortes, e como tal é crucial a participação na pesquisa de indivíduos que estejam sem sintomas há pelo menos 15 dias. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório