Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Converse homenageia atletas que quebraram a barreira da cor na NBA

A coleção Breaking Down Barriers foi revelada no Earl Lloyd Sports Legacy Symposium em Memphis.

Converse homenageia atletas que quebraram a barreira da cor na NBA -

Em homenagem aos atletas e aos seus esforços na luta contra a discriminação racial para as gerações futuras, a Converse comprometeu doações às causas dos atletas – American Heart Association, Fundação Chuck Cooper e a Fundação Earl Lloyd.

Notícias ao Minuto

08:23 - 24/01/20 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Breaking Down Barriers

Em 1950, Nat Clifton, Chuck Cooper e Earl Lloyd quebraram a barreira da cor na NBA. Setenta anos depois, Breaking Down Barriers, uma coleção de clássicos, celebra o inicio da mudança progressiva que Clifton, Cooper e Lloyd trouxeram para a National Basketball Association e não só.

A 25 de abril de 1950, Charles 'Chuck' Cooper quebrou a barreira da questão da etnia na NBA quando foi a 13º escolha do Boston Celtics no draft daquela temporada. Quando o dono do Celtics, Walter Brown, logo após a seleção, foi questionado se sabia que Cooper era de etnia africana, diz-se que Brown exclamou: “Eu não quero saber se ele é de riscas, xadrez ou bolinhas”. Cooper jogou quatro anos em Boston e terminou a sua carreira profissional em 1956 no Fort Wayne Pistons, ajudando a equipa a vencer na Divisão Oeste e a avançar para as finais da NBA.

Clifton foi o primeiro jogador afro-americano a assinar um contrato da NBA com o New York Knickerbockers. Nat ajudou os Knicks a chegar às finais da NBA durante o seu ano de estreia e, em 1957, aos 34 anos, foi nomeado All Star da NBA. A sua temporada final da NBA, 1957-58, foi disputada em Detroit.

A 31 de outubro de 1950, Lloyd tornou-se o primeiro afro-americano a jogar na NBA, juntando-se aos Washington Capitols. A sua carreira destaca-se por um título da NBA disputado com o Syracuse National em 1955.

Embora os feitos dos jogadores em campo sejam inegáveis, as suas conquistas fora de jogo são o que ajudaram a consolidar a sua figura e carácter.

Depois de deixarem a liga, os três trabalharam incansavelmente para ajudar a quebrar barreiras para as gerações futuras. Clifton permanece ligado à comunidade dos New York Knicks e hoje, o Sweetwater Clifton 'City Spirit' Award presta homenagem aos heróis locais de Nova Iorque que fizeram uma diferença significativa na vida de outras pessoas. Cooper, tem um mestrado em serviço social, e rompeu outras barreiras na sua cidade natal de Pittsburgh: tornou-se o primeiro diretor afro-americano na história do governo da cidade de Pittsburgh como diretor de parques e recreação e, posteriormente, promoveu ações afirmativas no Pittsburgh National Bank como oficial de assuntos urbanos. O foco de Lloyd mudou para a orientação e ajuda de crianças carenciadas a atingir os seus sonhos.

Em homenagem aos atletas e aos seus esforços na luta contra a discriminação racial para as gerações futuras, a Converse comprometeu doações às causas dos atletas – American Heart Association, Fundação Chuck Cooper e a Fundação Earl Lloyd.

Cada um dos três atletas é homenageado na coleção Breaking Down Barriers através da Chuck Taylor, a primeira sapatilha de performance, cada modelo relacionado às suas respectivas primeiras equipas - o New York Knicks, o Boston Celtics e o Washington Capitols. À coleção junta-se ainda o recente reapresentado modelo Pro Leather, representando os Knicks, Celtics e Pistons.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório