Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Quatro momentos em que jamais deve usar azeite

Apesar de ser uma gordura saudável, nem sempre o azeite é a opção mais indicada.

Quatro momentos em que jamais deve usar azeite
Notícias ao Minuto

13:00 - 03/12/19 por Notícias Ao Minuto 

Lifestyle Malefícios do azeite

O azeite representa a essência da cozinha mediterrânea e é um dos óleos mais saudáveis do mundo. É também um ingrediente extremamente útil e versátil – tanto na cozinha como nas rotinas de beleza -, mas, não deve ser usado de todo em algumas situações. A revista Prevention destacou quatro momentos em que o melhor é evitá-lo:

1. Se não sabe de onde vem. Infelizmente há muito azeites falsificados à venda. Se não sabe de onde veio produto, é melhor não usá-lo ou optar por comprar um de origem fidedigna.

2. Para fritar. Cientistas afirmam que todos os benefícios do azeite se perdem e pode inclusive tornar-se prejudicial para o coração quando este é aquecido a temperaturas acima de 320 graus, no caso do extra virgem, e 420 graus no caso do azeite virgem. Quando um óleo é aquecido, ocorre um processo de hidrogenação, fazendo com que o líquido ganhe saturação devido à adição de diversos átomos de hidrogénio. Não é dramático, mas simplesmente o azeite perderá todas as qualidades que o distinguem do óleo vegetal, por exemplo. Para ser saudável, o azeite deve ser consumido cru.

3. Para grelhar. Muitas receitas recomendam marinar a carne e os vegetais que vão ser grelhados com azeite e especiarias, ou mesmo pincelar a grelha com azeite para evitar que os alimentos fiquem colados. Fazer isto provavelmente não vai fazer mal à saúde, mas também não contribui para que os grelhados sejam de facto saudáveis, pois o azeite vai queimar, criar chamas, e pode até dar um sabor a gás ou a queimado aos alimentos. Os especialistas recomendam que as grades sejam pinceladas com um óleo que necessite de uma temperatura mais elevada para queimar, como o óleo vegetal, de coco ou de semente de uva, e que depois de os alimentos estarem grelhados, sejam temperados com um azeite extra virgem de qualidade. 

4. Em peles oleosas. São bem conhecidas as propriedades hidratantes do azeite para o cabelo e para a pele. Na verdade, este ingrediente é abundantemente utilizado em máscaras para o cabelo e cremes de corpo, sabonetes, gel de banho, etc. No entanto, é preciso ter cuidado, já que este ‘ouro líquido’ pode provocar danos nas peles oleosas e propensas a acne, na medida em que o azeite é comedogénico, ou seja, pode obstruir os poros. Ao invés, os especialistas recomendam o uso de óleo de girassol, óleo de prímula ou de argão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório