Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 21º

Edição

Sete possíveis sintomas de cancro dos ovários que jamais imaginaria

Não é por acaso que este tipo de tumor é conhecido como 'assassino silencioso'. A doença não apresenta tantos sinais óbvios quanto, por exemplo, o cancro da mama ou de pele. Mas tal não significa que as mulheres não tenham sintomas.

Sete possíveis sintomas de cancro dos ovários que jamais imaginaria
Notícias ao Minuto

07:00 - 23/07/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Cancro dos ovários

Frequentemente, porém, não é fácil de detectá-los. “Os sinais são bastante subtis, fáceis de ignorar e podem ser atribuídos a outras coisas, como uma mudança na dieta”, diz Shannon Westin, médica e professora associado do departamento de oncologia ginecológica e medicina reprodutiva MD Anderson Cancer Center, nos Estados Unidos, em declarações LA Times. 

Infelizmente, descartar os sinais de cancro do ovário permite que a doença progrida, tornando mais difícil o tratamento quando é detectada.

“Muitas vezes isso contribui para um atraso no diagnóstico.” E isso pode ser um problema real. De acordo com a American Cancer Society (EUA), o cancro de ovário é a quinta principal causa de mortes por cancro em mulheres e responsável por mais óbitos do que qualquer outro tipo da doença no sistema reprodutivo feminino.

Sete possíveis sintomas de tumor nos ovários:

1. Sofre constantemente de dor abdominal ou pélvica

“Este é geralmente um sinal de que o câncer de ovário se espalhou”, diz Mitchel Hoffman, oncologista ginecológico do Moffitt Cancer Center (EUA). “Quando operamos pacientes com câncer de ovário, a maioria tem metástase. Ou seja, a doença já se espalhou para outras áreas”, explica. “Além disso, o câncer de ovário também pode causar um acúmulo de líquido no abdômen chamado ascite”, completa ele. Todos esses fatores podem causar dor.

2. Sente-se enjoada ou não consegue comer tanto quanto costumava

Quando o cancro do ovário se espalha, o tumor pode afetar a maneira como o intestino funciona, provocando ainda náuseas. Igualmente sentir-se satisfeita antes do que o normal ou não conseguir comer tanto quanto antes. Se for esse o caso, o estômago pode ter menos espaço do que o habitual devido a um tumor crescente.

3. Está sempre inchada e com prisão de ventre

“O cancro do ovário pode fazer com que se sinta inchada, mais uma vez, por causa do mau funcionamento do intestino”, diz Hoffman. “Para que tudo funcione normalmente, os intestinos não podem perder a sua função muscular, que por sua vez permite expelir os detritos e fezes”, explica. “Porém quando o cancro se forma na superfície externa do intestino – o que acontece quando começa a espalhar-se – pode prejudicar essa função”, alerta. 

4. Urina mais

“Há muito espaço na pélvis”, ressalta Hoffman. “Quando uma mulher começa a ter um tumor, este empurra a bexiga e diminui a quantidade de capacidade do órgão”, diz. Isso, por sua vez, faz com que a  bexiga pareça mais cheia e necessite de ser esvaziada com mais frequência.

5. Menstruação irregular

“Se há um tumor no seu ovário, este pode atrapalhar a maneira como normalmente funciona, alterando o ciclo menstraul”, explica Hoffman. Portanto, se notar uma mudança grande no ciclo, como períodos mais ou menos freqüentes ou a falta deles, é importante consultar um médico.

“Outra possibilidade: alguns tumores ovarianos produzem o seu próprio estrogénio e podem interferir no ciclo, imitando a menstruação”, aponta Westin. Isso pode acontecer mesmo depois de ter passado pela menopausa - sendo definitivamente um sinal vermelho. 

6. Sente dor durante o sexo

“Por um lado, pode ser que tenha um tumor ovariano que esteja a empurrar a vagina, e o sexo com penetração entre em contacto com esse elemento invasor”, indica Hoffman. “Outra é que as alterações hormonais que podem ocorrer np corpo devido ao cancro podem levar à secura vaginal – e isso pode causar desconforto ou dor durante o sexo”, completa Westin.

7. Sofre frequentemente de azia e refluxo

“Mais uma vez, se o cancro do ovário estiver a afetar os intestinos, os detritos não são expelidos”, explica Westin. “Então acabam por empurrar o estômago e o refluxo para o esófago”, diz.

Por fim, é importante saber que este tipo de tumor é mais comum em mulheres mais velhas, e que na maioria dos casos os sintomas devem-se a algo diferente do que um tumor. 

Portanto, é importante que sejam realizados exames, apenas por precaução. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório