Meteorologia

  • 23 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Dorme mais de 9 horas? Sete riscos que corre por dormir demais

É difícil acreditar que a noção de ‘dormir demais’ seja realmente verídica, já que que normalmente aquilo que sentimos é que ‘nunca dormimos o suficiente’.

Dorme mais de 9 horas? Sete riscos que corre por dormir demais

Dormir mais de nove horas constantemente por noite pode ser sinal de algum problema de saúde existente e também pode representar riscos de saúde.

Eis alguns deles:

1. Dormir demais pode aumentar o risco de depressão

Num estudo realizado em 2014 com gémeos adultos, uma equipa de investigadores descobriu que o sono de longa duração aumenta os riscos de sintomas de depressão. Os participantes do estudo que dormiam entre sete a nove horas por noite apresentavam uma percentagem de depressão de 27%, enquanto os que dormiam nove horas ou mais tinham um índice de 49%.

2. Pode prejudicar o cérebro

Uma pesquisa de 2012 indicou que, entre mulheres idosas, dormir demais (ou a menos) piorava as funções cerebrais ao longo de um período de seis anos. Mulheres que dormiram mais de nove horas por noite (ou menos de cinco) apresentaram mudanças no cérebro compatíveis com um envelhecimento de dois anos.

3. Dificuldade em engravidar

Em 2013, uma equipa de investigadores da Coreia do Sul analisou os hábitos de sono de mais de 650 mulheres que passavam por fertilização in vitro. Os especialistas descobriram que as taxas de gravidez eram mais altas entre as mulheres que dormiam entre sete a oito horas por noite e mais baixas entre as mulheres que dormiam entre nove a onze horas.

4. Dormir demais pode aumentar o risco de diabetes

Segundo um pequeno estudo realizado no Quebeque, Canadá, realizado durante seis anos, as pessoas que dormem mais de oito horas por noite têm duas vezes mais probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2 ou problemas de tolerância à glucose, comparativamente aos indivíduos que dormem entre sete e oito horas, mesmo controlando as diferenças de massa corporal.

5. Pode levar ao aumento do peso

Os mesmos investigadores descobriram que tanto quem dorme pouco e quanto quem dorme muito engorda mais que as pessoas que dormem entre sete a oito horas por noite. As pessoas que dormem entre nove a dez horas por noite apresentaram 25% mais chances de ganhar cinco quilos ao longo da duração do estudo, mesmo controlando aquilo que comiam e praticando exercício físico.

6. Problemas cardiovasculares

De acordo com uma pesquisa apresentada numa reunião de 2012 do American College of Cardiology, dormir oito ou mais horas por noite está associado a um aumento do risco de problemas cardíacos. Os investigadores analisaram dados de mais de três mil pessoas e apuraram que quem dorme muito têm o dobro de risco de angina e de sofrer de doença coronário-arterial.

7. Dormir demais pode levar à morte prematura

Numa resenha de 16 estudos realizada em 2010, os investigadores indicaram que há mais riscos de morte – de qualquer causa – tanto para quem dorme pouco quanto para quem dorme muito. Dormir mais de oito horas por noite foi associado a um risco 1,3 mais alto de morte entre os 1,38 milhão de participantes do estudo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório