Meteorologia

  • 19 FEVEREIRO 2019
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Sofre de dores nas costas? Mal estar pode ser indicador de ossos partidos

Milhões de indivíduos que sofrem de dores excruciantes nas costas podem afinal ter ossos partidos na coluna, avisam médicos.

Sofre de dores nas costas? Mal estar pode ser indicador de ossos partidos
Notícias ao Minuto

10:00 - 14/02/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Dor crónica

Em Portugal, estima-se que a osteoporose afete cerca de 500 mil pessoas e como consequência milhares sofrem igualmente com fraturas ósseas.

A osteoporose é caracterizada pela diminuição da massa óssea e deterioração da arquitetura do osso, conduzindo ao aumento do risco de fratura, segundo informações disponibilizadas pela rede de hospitais privados CUF.

Adicionalmente, a associação de beneficência britânica Royal Osteoporosis Society alerta que a temida condição é hereditária, e que indivíduos com mais de 50 anos e que sejam afetados por dores regulares na coluna devem consultar um especialista.

Em declarações à publicação The Independent, Claire Severgnini, diretora da organização, disse: “Se os seus pais perderam altura à medida que envelheceram, tal pode ser um sinal de osteoporose, mesmo que não tenham tido esse diagnóstico”.

“O que também significa que você terá uma maior predisposição para desenvolver a patologia óssea”.

“E as dores nas costas das quais tanto se queixa podem afinal ser um indicador de ossos partidos na coluna, especialmente se tiver mais de 50 anos”.

A diminuição de altura não é normal

Severgnini salientou que diminuir de altura com a idade “não é natural e não faz parte do processo de envelhecimento”.

“Queremos encorajar todos os indivíduos a prestarem atenção à saúde dos seus ossos, independentemente da idade”.

“A saúde óssea é tão importante quanto a do coração ou da mente, mas muitas menos pessoas lhe dedicam a atenção que requer”.

“Imagine perder cinco centímetros de altura devido à deterioração dos ossos na espinha”, refere Severgnini.

“Agora pense como isso irá afetar a sua respiração e até a forma como se alimenta”, conclui.

Existem passos simples que todos os indivíduos podem adotar para melhorar a sua saúde óssea, avisam os especialistas.

Medidas essas que incluem manter um peso corporal saudável, não fumar ou beber álcool em demasia e praticar exercício físico regularmente.

Todavia, existem também paralelamente muitos fatores de risco que não pode modificar – nomeadamente os genes, idade, género ou etnia.

Sendo por isso importante que até aos 30 anos construa uma massa óssea sólida e comece a pensar na saúde dos seus ossos, avisa a Royal Osteoporosis Society.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório