Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Oito sintomas de diabetes de tipo 2 que jamais pode ignorar

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Diabetes. Estima-se que mais de um milhão de portugueses, com mais de 30 anos, sofra de diabetes – o que equivale a 13% da população.

Oito sintomas de diabetes de tipo 2 que jamais pode ignorar
Notícias ao Minuto

14:00 - 14/11/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Epidemia

A diabetes é uma doença metabólica caracterizada por um aumento do nível de açúcar no sangue e pela incapacidade de produção de insulina insuficiente.

Controlar os níveis de açúcar no sangue reduz as hipóteses de complicações desta doença, no entanto, também é muito importante controlar a pressão arterial e o colesterol.

A prevalência da diabetes aumentou nos últimos anos em Portugal. A maioria trata-se de pessoas com diabetes Tipo 2, segundo os dados disponibilizados no site da rede de hospitais privados CUF.

Esteja atento a estes oito sintomas que poderão ser indicadores de diabetes de tipo 2:

1. Sede excessiva – sentir sede constantemente é um dos sintomas mais comuns de diabetes. Geralmente esta vontade insaciável é acompanhada por uma sensação de secura da boca.

2. Cicatrização lenta – a doença faz com que o processo de cura inclusive de pequenas feridas demore mais. Tal acontece devido aos níveis elevados de glucose.

3. Fome insaciável – um aumento subito do apetite, particularmente por alimentos doces, pode ser também um sinal de aviso de diabetes de tipo 2.

4. Insónias – indivíduos que sofrem de diabetes experienciam comummente dificuldades em emagrecer e em permanecer a dormir. Tal pode ser provocado por dores, desconforto, vontade em urinar, apneia do sono ou ao síndrome das pernas inquietas.

5. Problemas de pele – pele seca, comichão ou escurecimento da pele (acantose nigricans) são condições frequentes que acontecem devido a problemas circulatórios.

6. Visão turva – trata-se de um dos primeiros sintomas da diabetes de tipo 2.

7. Infeções frequentes – pessoas com esta doença estão mais propensas a sofrer infeções fúngicas, uma consequência direta da quantidade excessiva de açúcar que têm no sangue. Correm ainda um risco maior de padecerem de infeções urinárias.

8. Disfunção sexual (dificuldade em manter uma ereção e/ou atingir o orgasmo) – a presença de níveis altos de açúcar no sangue durante um longo período de tempo podem provocar complicações na intimidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório