Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Informação e tempo são tudo na prevenção: Conheça os sintomas da raiva

Esta infeção é rara, mas quando acontece, é altamente perigosa para o ser humano.

Informação e tempo são tudo na prevenção: Conheça os sintomas da raiva
Notícias ao Minuto

20:15 - 12/11/18 por Notícias ao Minuto 

Lifestyle Prevenir

Quando um animal com raiva morde uma pessoa, a mesma fica infetada com a condição que lhe pode afetar o cérebro e nervos.

O contágio é feito não só por dentada mas também por arranhões e não se cinge apenas a cães, mas também outros mamíferos, normalmente de rua, sejam morcegos ou gatos.

Embora os casos mais comuns aconteçam na Ásia, África e América Central, vale a pena estar a par deste problema de que ninguém está 100% livre. Além disso, o tratamento é bastante mais eficaz quanto mais cedo for feito, o que leva à grande importância de se identificar o problema a tempo.

Dito isto, assim que for mordido, arranhado ou um animal que possa ter raiva lhe tenha passado saliva, deve imediatamente passar a zona afetada por água abundante e sabão por alguns minutos. De seguida, desinfete-se com álcool ou produto desinfetante e tape a zona com um tecido limpo.

Este é o primeiro passo, mas de seguida deve ser visto por um médico que lhe faça um check-up e despiste o problema. Neste diagnóstico, é essencial que explique exatamente como e em que condições acha que pode ter sido infetado. Desta forma, e caso os sintomas não tenham sido sentidos até então, a probabilidade de o problema não o afetar é bastante grande.

Quanto aos sintomas, que podem surgir até 12 semanas após o incidente, passam por febre alta, dores de cabeça, ansiedade e desconforto na zona onde foi magoado. Embora menos comum, sintomas considerados secundários podem também ser sentidos, como alucinações, espasmos musculares, produção de saliva em excesso, dificuldadem em respirar ou engolir, paralisia.

Caso se confirme algum ou alguns desde sintomas, o tratamento passa por vacinação contra a raiva, que é administrada em doses cuja periodicidade vai depender se já ter tomado ou não a vacina em questão. Imunoglobinas e proteção extrema da zona afetada são também parte deste processo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório