Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2018
Tempo
28º
MIN 25º MÁX 32º

Edição

Tem níveis elevados de dopamina? Cinco sinais aos quais deve estar atento

A dopamina é um neurotransmissor, uma substância que atua no cérebro e que é libertada quando experienciamos sensações de prazer, como beijar, comer chocolate ou conquistamos aquele emprego.

Tem níveis elevados de dopamina? Cinco sinais aos quais deve estar atento
Notícias ao Minuto

06:00 - 28/05/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Em altas

Essa substância gera impulsos nervosos que promovem uma sensação de recompensa, e consequentemente de felicidade e êxtase, de forma a que tendemos a procurar situações e coisas na vida que nos transmitam aquele sentimento – quase como se de uma droga se tratasse.

Contudo, como tudo na vida, a dopamina em excesso é prejudicial. Quando nosso organismo liberta mais dopamina que o normal ou quando os nossos recetores são demasiado responsivos, podemos desenvolver transtornos relacionados com vícios, relativamente a jogo, álcool, comida ou até sexo.

Será que tem dopamina a mais? Esteja atento aos sinais:

Tem comportamentos compulsivos

Níveis exacerbados de dopamina podem levar a comportamentos de vício. Tal acontece porque esse neurotransmissor age no sistema límbico, a região do cérebro responsável pelo sentimento de recompensa e aprendizagem por meio do reforço positivo. Assim, quando a pessoa cede ao comportamento compulsivo, sente-se bem – mesmo que se trate de algo prejudicial para a saúde.

É muito extrovertido

Fala demais sobre a sua vida, mesmo a estranhos ou faz comentários inapropriados? Isso pode ser um sintoma de excesso de dopamina. A interação social é um estímulo para a libertação desse neurotransmissor, gerando a tal desejada sensação de recompensa.

Tem sintomas maníacos

A mania é um transtorno do humor caracterizado pela euforia. Os indivíduos sentem-se mais agitados, dormem menos, a sua libido aumenta e apresentam uma autoestima e autoconfiança exacerbada.

Este processo está frequentemente conectado com um nível elevado de dopamina no cérebro, que alterna com períodos também extremos de depressão – reflete-se sobretudo em quem sofre de doença bipolar.

Vinga-se na comida

Novamente, a explicação para isso é que a comida, especialmente quando é rico em gordura ou açúcar, também desperta a sensação de recompensa.

Entusiasma-se em demasia com conquistas e vitórias

É normal que nos sintamos felizes e motivados quando algo corre bem, porém estes indivíduos sentem exageradamente o entusiasmo que advém dessas situações. O que pode levar, por exemplo, ao desenvolvimento de vícios em jogo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.