Vicky Cornell: "Ele não faria nada que pudesse magoar os filhos"

Em comunicado, a mulher de Chris Cornell garante que o marido era um homem de família.

© Getty Images
Fama Morte

A morte de Chris Cornell apanhou todos de surpresa e a sua mulher, Vicky Cornell, não foi exceção. Com o objetivo de esclarecer os rumores sobre um suicídio premeditado, Vicky partilhou um comunicado sobre a morte do marido.

PUB

"A morte do Chris criou um vazio no meu coração que nunca será preenchido. Como todos os que o conheciam já disseram, ele era um pai e um marido dedicado. Era o meu melhor amigo. O seu mundo era a família e, logo a seguir, a música. Veio a casa de propósito no Dia da Mãe para estar com a família. Foi embora na quarta-feira, o dia do concerto, depois de estar com os filhos. Falámos antes do concerto sobre tirar umas férias e outras coisas que queríamos fazer", escreveu.

Depois daquele que foi o seu ultimo concerto, Vicky Cornell notou, ao falar com o marido por telefone, que a sua voz estava diferente.

"Reparei que falava de forma arrastada; estava diferente. Quando me disse que talvez tivesse tomado um ou dois Ativan a mais, pedi aos seguranças que fossem ver como estava. O que aconteceu é inexplicável e espero que a divulgação de novos exames médicos forneça mais informação. Sei que ele amava os nossos filhos e nunca os magoaria, acabando intencionalmente com a sua vida", acrescentou.

O advogado da família, Kirk Pasich, referiu que Chris Cornell tomava o referido medicamento para a ansiedade e que esse facto pode ter alterado as suas capacidades mentais.

"Enquanto não saírem os resultados dos exames toxicológicos, não saberemos o que se passava com o Chris e se houve alguma substância a contribuir para este desfecho. A família acredita que, se ele se matou, não saberia o que estava a fazer e que o medicamento ou outras substâncias poderão ter afetado as suas ações", disse o advogado.

Recorde-se que entre os efeitos secundários do Ativan, se encontram a paranoia, os pensamentos suicidas e a fala arrastada, notada pela sua esposa.

Chris Cornell deixa dois filhos em comum com Vicky, Toni, de 12 anos, e Christopher Nicolas, de 11. O artista era ainda pai de Lillian Jean, de 17 anos, fruto do seu primeiro casamento.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser