Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Homem condenado em tribunal por ofender a rainha Máxima da Holanda

"Filha de um assassino","porca nojenta" e "cadela" foram os insultos dirigidos à monarca.

Homem condenado em tribunal por ofender a rainha Máxima da Holanda

Um holandês de 63 anos foi condenado a cumprir 40 horas de serviço comunitário por ter chamado à rainha Máxima da Holanda "filha de um assassino", "porca nojenta" e "cadela", adianta o jornal espanhol El País.

Tudo aconteceu no passado mês de outubro na cidade de Utrecht, quando a polícia estava a passar uma multa a uma outra pessoa num centro comercial. 

Perto encontrava-se o indivíduo agora condenado, que insultou a monarca.

Segundo consta, o sujeito terá ficado indignado quando viu a multa a ser passada, referindo: "Este dinheiro vai, através dos impostos, para a filha de um assassino" (estava a referir-se a Jorge Zorreguieta, pai de Máxima, nascida na Argentina, que foi Secretário de Estado da Agricultura e Pecuária durante a ditadura do general Videla).

Embora tenha sido notificado pelos agentes, o homem persistiu no mesmo comportamento. O juiz considerou as suas palavras "inaceitáveis", as quais não poderiam ser encaixadas dentro do conceito da liberdade de expressão. 

As injúrias ao rei e à sua família são penalizadas com a mesma severidade se as mesmas tivessem sido dirigidas a um anónimo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório