Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

'Pipoca Mais Doce' sentiu-se discriminada por levar a filha a uma loja

Ana Garcia Martins denunciou a situação insólita na sua página de Instagram.

'Pipoca Mais Doce' sentiu-se discriminada por levar a filha a uma loja
Notícias ao Minuto

23:53 - 18/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Fama Polémica

Ana Garcia Martins, a autora do blogue ‘A Pipoca Mais Doce’, viveu esta quinta-feira, dia 18, uma situação insólita que a deixou revoltada e que a levou partilhar com os seus seguidores de Instagram a sua indignação.

Quando se dirigiu à loja AREA do centro comercial Colombo acompanhada pela sua filha recém-nascida, a blogger percebeu que não existia forma de subir ao primeiro piso da loja com o carrinho da bebé. Intrigada com a situação resolveu perguntar à funcionária como poderia ver o resto do espaço na companhia da pequena Benedita.

“Estava sozinha com a Beni no carrinho e, depois de ter dado uma volta pelo piso zero, perguntei a uma funcionária se havia elevador para subir ao piso 1 ou descer ao -1. Não havia. Só mesmo escadas rolantes. Perguntei como é que isso era possível e sugeriu-me que deixasse o carrinho na entrada e levasse a bebé ao colo. Carrinho esse, presumo eu, pelo qual ninguém se responsabilizaria na minha ausência.”, relatou Ana Garcia Martins, mostrando-se revoltada com a resposta que recebeu.

“O piso zero era muito jeitoso, sim senhor, mas as coisas que eu queria ver estavam nos outros pisos. E não pude vê-las porque tive a má ideia de ter um bebé, quem mandou? E a quem está numa cadeira de rodas, o que é que se sugere? Que deixe a mesma à entrada e peça a alguém que tenha a bondade de o levar ao colo escada acima ou escada abaixo? Não me cabe na cabeça que, em 2018, ainda haja espaços que não contemplem este tipo de situações.”, acrescentou.

Ver esta publicação no Instagram

Falei sobre isto nas stories, mas recebi tantas, tantas, tantas mensagens que, se calhar, vale a pena trazer o assunto para aqui. Hoje fui à AREA do Colombo para ver umas coisas para a casa nova. Estava sozinha com a Beni no carrinho e, depois de ter dado uma volta pelo piso zero, perguntei a uma funcionária se havia elevador para subir ao piso 1 ou descer ao -1. Não havia. Só mesmo escadas rolantes. Perguntei como é que isso era possível e sugeriu-me que deixasse o carrinho na entrada e levasse a bebé ao colo. Carrinho esse, presumo eu, pelo qual ninguém se responsabilizaria na minha ausência. O piso zero era muito jeitoso, sim senhor, mas as coisas que eu queria ver estavam nos outros pisos. E não pude vê-las porque tive a má ideia de ter um bebé, quem mandou? E a quem está numa cadeira de rodas, o que é que se sugere? Que deixe a mesma à entrada e peça a alguém que tenha a bondade de o levar ao colo escada acima ou escada abaixo? Não me cabe na cabeça que, em 2018, ainda haja espaços que não contemplem este tipo de situações. A AREA das Amoreiras foi renovada recentemente e tem o mesmíssimo problema. Uma escadaria linda, enorme, mas nada de elevador. Aparentemente, estou limitada ao piso zero de todas as AREA até a criança largar o carrinho. Ou então vou começar a pedir “traga-me lá aquele sofá de 34 lugares que está lá em cima para eu analisar a qualidade do estofo”. 

Uma publicação partilhada por A Pipoca Mais Doce (@apipocamaisdoce) a 18 de Out, 2018 às 3:13 PDT

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório