Meteorologia

  • 28 MAIO 2020
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 34º

Edição

Taxa de desemprego na Alemanha cai para 5,8% em janeiro

A taxa de desemprego na Alemanha foi de 5,8% em janeiro (2.570.000 de pessoas sem trabalho), mais 185.000 em relação a dezembro e menos 207.000 face ao mesmo mês de 2017, foi hoje anunciado.

Taxa de desemprego na Alemanha cai para 5,8% em janeiro

A agência federal de emprego alemã (BA) precisou que o número de desempregados, corrigidos dos efeitos sazonais, em janeiro foi inferior em 25.000 pessoas face a dezembro.

"O mercado laboral entrou com dinamismo no ano novo. O número de pessoas desempregadas cresceu em janeiro, mas em menor medida do que o habitual para esta época do ano", declarou o presidente da BA, Detlef Scheele.

No referido período o denominado subemprego, que inclui pessoas com trabalhos precários ou temporários e também com incentivos fiscais, diminuiu, eliminados os efeitos sazonais, em 28.000 pessoas face a dezembro para um total de l3.515.000.

Face a janeiro de 2017, o número de subempregados recuou em 198.000, portanto em menor grau que o de desempregados, como consequência das políticas laborais mais flexíveis destinadas a incorporar mais pessoas, em particular os refugiados, no mercado laboral.

Por outro lado, um total de 823.000 pessoas recebeu subsídio de desemprego em janeiro, menos 67.000 do que no mesmo mês de 2017.

Em relação ao número de pessoas que receberam a prestação social que cobre as necessidades básicas, denominada Hartz IV, este atingiu 4.269.000, 7,8% da população ativa e menos 96.000 do que em janeiro de 2017.

A procura de trabalhadores continua num nível muito elevado, com 736.000 postos de trabalho registados na BA em janeiro, mais 89.000 do que há um ano e mais 2.000 do que em dezembro, corrigidos os efeitos sazonais.

Entretanto, a agência federal de estatística alemã (Destatis) informou que o número de pessoas com emprego e que contribuem para a segurança social atingiu 44,62 milhões em janeiro, mais 67.000 do que em dezembro e mais 641.000 do que no mesmo mês de 2017.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório