Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
27º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

CGD indica Francisco Cary para presidir ao CaixaBI

O administrador executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD) Francisco Cary foi indicado pelo banco público para presidir ao CaixaBI, a estrutura de investimento daquela instituição, informou hoje à Lusa fonte oficial.

CGD indica Francisco Cary para presidir ao CaixaBI
Notícias ao Minuto

12:05 - 10/01/18 por Lusa

Economia Investimento

"Os órgãos sociais para o mandato em curso estão nomeados, sujeitos a apreciação pelo BCE [Banco Central Europeu], e o presidente indicado é o Dr. Francisco Cary", indica fonte oficial da CGD em resposta escrita enviada à agência Lusa.

O mandato do atual Conselho de Administração da CGD, presidido por Paulo Macedo, tem duração prevista até 2020.

De acordo com o currículo disponível no 'site' da CGD, Francisco Cary é administrador executivo do banco público desde fevereiro do ano passado, estando "responsável pelas áreas de banca de empresas - PMEs [pequenas e médias empresas] e grandes empresas -, banca institucional, banca de investimento e pelas atividades internacionais no Brasil, Espanha e África do Sul".

Anteriormente, foi administrador executivo do Novo Banco e presidente do Conselho de Administração da Espírito Santo Ventures, Sociedade de Capital de Risco, S.A., tendo ainda assumido cargos de liderança em entidades como ES TECH VENTURES, GNB Gestão de Activos SGPS, GNB Vida e Banco Best.

Saliente-se que, esta manhã, a SIC Notícias dava conta de que Sérgio Figueiredo seria o escolhido para presidir o Caixa BI, informação que o Notícias ao Minuto também noticiou, mas que não veio a confirmar-se. Como tal, pedimos desculpa aos nossos leitores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório