Aumento de capital na CGD confirmado. Estado investe 2,5 mil milhões

Depois da autorização dada por Bruxelas, o banco enviou à CMVM a confirmação das operações que vão permitir a recuperação dos níveis de capital.

© Global Imagens
Economia Banca

As linhas gerais do processo de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos já eram conhecidas, mas só esta segunda-feira chegou ao conhecimento público o documento que esclarece todos os detalhes.

PUB

O banco do Estado português revelou que durante a próxima semana semana vai ser realizado um 'roadshow' em Lisboa, Londres e Paris para apresentar aos investidores institucionais o programa de venda de dívida subordinada da CGD, após o qual será iniciado o processo de colocação de obrigações.

Em paralelo, o Estado vai preparar um investimento substancial de 2,5 mil milhões de euros: "A Caixa Geral de Depósitos, S.A. (CGD) informa que, por deliberação social unânime por escrito de 17 de março de 2017, o acionista único da CGD (Estado Português) decidiu proceder ao aumento do capital social da CGD no montante de € 2.500.000.000, mediante a emissão de 500.000.000 de novas ações ordinárias de valor nominal de € 5,00 cada".

"Este aumento de capital será subscrito e realizado pelo referido acionista no dia da liquidação da emissão das obrigações subordinadas additional tier 1 no montante de € 500.000.000", pode ler-se num comunicado oficial enviado pela Caixa à Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários esta manhã.

Num documento complementar, a CGD esclarece que os dois processos de recapitalização deverão ser iniciados dentro de duas semanas e são ambos decisivos: " Estas duas operações são interdependentes porquanto a não realização de uma delas implica que a outra não se realize".

Se quiser saber mais sobre a emissão de dívida a investidores institucionais, veja as 11 perguntas e respostas que a CGD divulgou esta manhã.

[Notícia em atualização]

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser