Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2020
Tempo
11º
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Uma em cada 10 empresas com dívidas a credores não durará mais de um ano

A Informa D&B estima que 9,7% das empresas em Portugal apresentam risco elevado de fechar atividade nos próximos 12 meses ficando a dever pagamentos aos seus credores.

Uma em cada 10 empresas com dívidas a credores não durará mais de um ano
Notícias ao Minuto

17:24 - 14/12/16 por Lusa

Economia Informa D&B

A Informa D&B atualizou o seu modelo de avaliação de risco de 'failure' (falência) face à alterações recentes na realidade empresarial portuguesa, tendo em conta 3.500 variáveis. Entre as principais variáveis estão os dados financeiros, mas também as ações judiciais e os dados demográficos, como a idade da empresa.

Tendo em consideração a atualização deste modelo, 9,7% das empresas em Portugal apresentam risco elevado de fechar atividade nos próximos 12 meses ficando com dívidas por liquidar junto dos seus credores. Já 18,7% das empresas têm risco moderado e 61% um risco mínimo ou reduzido.

A Informa D&B considera esta avaliação importante para as empresas, uma vez que serve para avaliarem os seus parceiros de negócio, isto quando "as contas a receber de clientes totalizam 56 mil milhões de euros em todo o tecido empresarial português".

Segundo este estudo, "quanto mais elevado é o atraso médio de pagamentos face às condições acordadas, maior é a taxa de 'failure'", sendo que "as empresas que se atrasam mais de 120 dias apresentam uma taxa de 'failure' próxima dos 8%", ou seja, "de 20 vezes superior à das que pagam nos prazos acordados".

No que se refere às variáveis demográficas, as empresas que correm maior risco de encerrar têm entre dois e cinco anos de antiguidade e são de menor dimensão (entre 10 e 49 empregados), dos setores das indústrias extrativas, alojamento e restauração e construção.

Quanto às variáveis financeiras, diz a Informa D&B que há uma relação próxima entre o risco comercial e baixa solvabilidade e rendibilidades negativas do ativo, ainda que note que "a partir de determinado nível, rentabilidades positivas mais elevadas não implicam redução da taxa de 'failure'".

Quanto às variáveis relativas ao comportamento de pagamento, o risco comercial aumenta quanto maior o atraso médio de pagamentos. Estima mesmo a Informa D&B que as empresas que se atrasam mais de 120 dias apresentam uma taxa de 'failure' 20 vezes superior à das que pagam nos prazos acordados.

A Informa D&B realiza estudos sobre o tecido empresarial, sendo utilizada a sua informação pelas empresas mas também pelos bancos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório