Meteorologia

  • 18 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 20º

Qual o impacto da proposta do IRS na sua carteira? Veja as simulações

Conheça os exemplos adiantados pelo Ministério das Finanças e veja o impacto que a medida do Governo pode ter na sua carteira.

Qual o impacto da proposta do IRS na sua carteira? Veja as simulações
Notícias ao Minuto

14:42 - 19/04/24 por Beatriz Vasconcelos

Economia IRS

O Conselho de Ministros aprovou, esta sexta-feira, a proposta que reduz as taxas do IRS até ao 8.º escalão, indicando que a medida perfaz um total de redução do imposto de 1.539 milhões de euros face a 2023. Afinal, qual é o impacto que esta medida vai ter - se for aprovada - na carteira das famílias portuguesas? 

Antes de mais, importa sublinhar que o primeiro-ministro, Luís Montenegro, afirmou que a redução adicional das taxas marginais aplicar-se-á a todos os escalões até ao 8.º, defendendo que a medida significa "dizer ao país que as pessoas não são ricas a partir de 1.300 euros de rendimento líquido por mês e que com esse rendimento também precisam de ter alívio fiscal".

Além disso, disse esperar que as novas tabelas de retenção da fonte possam estar em vigor "entre junho e julho", se o Parlamento "for diligente" e "tudo decorrer de forma célere".

Simulações: Qual é o impacto da descida do IRS?

De acordo com o documento apresentado durante a conferência de imprensa e cedido pelo Ministério das Finanças ao Notícias ao Minuto, estas simulações mostram o impacto da poupança anual em função do rendimento bruto mensal comparando a proposta atualmente em vigor do IRS e a do Executivo. 

Notícias ao Minuto Quanto se poupa com a proposta do Governo© Ministério das Finanças

De sublinhar que o Governo quer retroagir a janeiro o impacto da redução adicional das taxas do IRS e este acerto será integralmente feito no primeiro mês em que entrarem em vigor as novas tabelas de retenção na fonte.

Ao que tudo indica, o acerto será feito em moldes idênticos ao que por vezes acontece quando as empresas e entidades pagadoras de pensões não têm tempo de aplicar as novas tabelas nos salários e pensões de janeiro, fazendo o acerto retroativo em fevereiro - com a diferença que desta vez serão vários meses para acertar.

Notícias ao Minuto Governo propõe redução adicional das taxas marginais em todos os escalões até ao 8.º© Ministério das Finanças

Leia Também: Redução das taxas de IRS aplica-se a todos os rendimentos de 2024

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório