Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 26º

Wall Street segue no 'vermelho' no início da sessão

A bolsa de Nova Iorque iniciou hoje a sessão em baixa, com o mercado à espera do relatório sobre a inflação que será divulgado na quinta-feira.

Wall Street segue no 'vermelho' no início da sessão
Notícias ao Minuto

15:56 - 28/02/24 por Lusa

Economia mercados

Às 15h00 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones descia 0,51% para 38.774,92 pontos e o Nasdaq perdia 0,66% para 15.929,27 pontos.

O índice alargado S&P 500 recuava 0,27% para 5.064,70 pontos.

Pouco antes da abertura da bolsa foi anunciado que a economia dos Estados Unidos encerrou 2023 com um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,1%, mas os investidores continuarão focados nos dados relativos a janeiro do índice de preços PCE, que serão divulgados na quinta-feira.

“Uma surpresa positiva no PCE tranquilizaria os mercados sobre os próximos cortes na taxa de fundos federais, já que uma política monetária mais flexível também pode reduzir o risco financeiro”, segundo uma nota da analista Morgane Delledonne, citada pela CNBC.

Nas primeiras operações da bolsa, a empresa de comércio 'online' eBay subia mais de 7% depois de ter publicado na terça-feira resultados trimestrais que superaram as expectativas dos analistas e ter anunciado um programa para recomprar ações no valor de 2.000 milhões de dólares .

Entre as 30 cotadas do Dow Jones, a petrolífera Chevron subia 1% e liderou os ganhos e no topo das descidas a UnitedHealth perdeu 5,19%.

No nível das criptomoedas, o bitcoin superou hoje a barreira dos 60.000 dólares, aproximando-se do seu recorde absoluto, atingido em novembro de 2021 (68.991 dólares).

Leia Também: Wall Street fecha sem rumo com deceção nos indicadores e expectativa com inflação

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório