Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 29º

Pagamento de agroambientais e adicional de ecorregimes avança 6.ª-feira

Os agricultores vão receber esta sexta-feira o pagamento de quatro medidas agroambientais e um adicional aos ecorregimes agricultura biológica e produção integrada, segundo o calendário do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP).

Pagamento de agroambientais e adicional de ecorregimes avança 6.ª-feira
Notícias ao Minuto

20:25 - 22/02/24 por Lusa

Economia Agricultores

Em causa estão as medidas agroambientais, que se inserem na Política Agrícola Comum (PAC), culturas permanentes e paisagens tradicionais, planos zonais agroambientais, mosaico agroflorestal e conservação do solo-sementeira direta, enrelvamento de culturas permanentes e pastagens biodiversas.

Para esta sexta-feira está também agendado o pagamento de um adicional aos ecorregimes agricultura biológica e produção integrada de, respetivamente, 15% e 10%.

O IFAP esclareceu ainda que o restante valor adicional (20% e 15%, respetivamente) será processado "a partir do mês de março, juntamente com o pagamento dos restantes ecorregimes e a candidatura à ajuda complementar nacional".

Já no dia 27 vai ser liquidada a medida uso eficiente da água para os beneficiários "cuja informação de controlo tenha sido objeto de carregamento pelo respetivo Organismo de Certificação até ao dia 19 de fevereiro".

Em 14 de fevereiro, o Ministério da Agricultura disse à Lusa ter concluído as conversações com a Comissão Europeia, adiantando que o pagamento dos ecorregimes aos agricultores vai ocorrer a partir deste mês.

"O Ministério da Agricultura e Alimentação já concluiu as conversações com a Comissão Europeia, tendo alcançado um resultado positivo, o qual vai permitir efetuar os pagamentos dos ecorregimes [Agricultura Biológica e Produção Integrada] aos agricultores já a partir deste mês", lê-se numa nota enviada, na altura, à Lusa.

Os agricultores europeus têm vindo a sair à rua nas últimas semanas, com protestos que já levaram o Fundo Monetário Internacional (FMI) a alertar para uma possível subida dos preços, caso estes prossigam.

Em Portugal, os agricultores reclamam a flexibilização da PAC -- Política Agrícola Comum, condições justas de trabalho e de concorrência, direito à alimentação adequada e a valorização da atividade.

Leia Também: FMI alerta para subida de preços se protestos de agricultores continuarem

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório