Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 20º

Revisão do modelo de taxas de supervisão entre objetivos da CMVM

A CMVM vai rever o modelo de taxas e atos contemplados no seu regulamento, estando ainda a preparar uma proposta de revisão da portaria das taxas de supervisão, anunciou hoje o supervisor dos mercados.

Revisão do modelo de taxas de supervisão entre objetivos da CMVM
Notícias ao Minuto

18:53 - 07/02/24 por Lusa

Economia CMVM

A revisão do regulamento da CMVM bem como a preparação da proposta de revisão da portaria (a apresentar ao Governo) integram o leque de estratégias e principais objetivos da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) para 2024, hoje apresentada.

Em causa está uma reflexão sobre as taxas e atos do Regulamento da CMVM atualmente em vigor, bem como das taxas de supervisão que são fixadas por portaria do Governo após proposta do regulador dos mercados, para aferir se o modelo em vigor é o mais adequado às atuais condições e entidades, em termos de proporcionalidade, âmbito, princípio do utilizador-pagador e de esforço de supervisão.

Em conferência de imprensa, em Lisboa, José Miguel Almeida, do Conselho de Administração da CMVM, referiu não ser possível adiantar se esta reflexão se vai traduzir numa subida do valor das taxas, pois tal dependerá de fatores, como por exemplo, o alargamento ou não da base de entidades sujeitas a taxas.

O produto das taxas e de outros montantes devidos à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários constituem receitas próprias do supervisor, segundo o Regulamento da CMVM, sendo que a proposta de revisão avançará após consulta ao mercado.

A expectativa é que esta revisão possa ser concluída em 2024.

Leia Também: CMVM avalia criação de conta de valores mobiliários de serviços mínimos

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório