Meteorologia

  • 26 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º

Formação e estágios escondem reais valores do desemprego

As medidas ativas de criação de emprego implementadas pelo Governo e as ações de formação dadas a desempregados escondem os reais valores do desemprego e fazem com que este não dispare para os 18,2%, conclui um estudo do economista Eugénio Rosa a que o Jornal de Notícias teve acesso.

Formação e estágios escondem reais valores do desemprego
Notícias ao Minuto

09:10 - 14/07/14 por Notícias Ao Minuto

Economia Estudo

O desemprego em Portugal está a diminuir, mas é só nas estatísticas. É o que indica um estudo do economista Eugénio Rosa, que conclui que as ações de formação e as medidas ativas de emprego, onde se incluem os estágio profissionais, mantiveram ocupados, entre janeiro e maio, mais de 161 mil desempregados.

Os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística dão conta de que o número de pessoas empregadas subiu 1,7% no primeiro trimestre de 2014 em relação ao mesmo período do ano passado. E o Instituto de Emprego e Formação Profissional (EIFP) conta com mais vagas de emprego (22%).

Contudo, Eugénio Rosa, citado pelo Jornal de Notícias, alerta que os números não são reais, já que o número de pessoas desempregadas envolvidas em estágios ou formações aumentou 115,3% em pouco mais de um ano.

Se assim não fosse, assegura, ao taxa de desemprego, que oficialmente se situa nos 15,1%, chegaria aos 18,2%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório