Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 16º

Wall Street fecha em baixa na expetativa de estatísticas macroeconómicas

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em baixa ligeira, com os investidores a posicionarem-se para vários relatórios importantes sobre o mercado laboral dos EUA, que podem dar mais pistas sobre a política monetária futura da Reserva Federal (Fed).

Wall Street fecha em baixa na expetativa de estatísticas macroeconómicas
Notícias ao Minuto

23:38 - 04/12/23 por Lusa

Economia Bolsas

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice alargado S&P500 baixou 0,5%, depois de na sexta-feira ter encerrado o seu melhor mês em um ano e alcançado o seu nível mais alto desde março de 2022.

Da mesma forma, o alargado Dow Jones Industrial Jones recuou 0,1% e o tecnológico Nasdaq perdeu 0,8%.

Os rendimentos obrigacionistas subiram, o que colocou pressão adicional sobre as ações.

Wall Street viveu uma semana sólida e um forte mês de novembro graças a esperanças que a inflação esteja a enfraquecer o suficiente para autorizar a Fed a acabar com a subida da taxa de juro de referência.

Os investidores também estão com esperanças em que a economia continue forte o suficiente para evitar uma recessão.

Os investidores vão ter várias atualizações sobre a economia esta semana, incluindo relatórios sobre o setor de serviços e o mercado laboral.

O Institute for Supply Management vai divulgar o seu relatório de novembro sobre o setor dos serviços a terça-feira. Este setor é fundamental na economia norte-americana e representa a maioria dos empregos nos EUA. Este documento pode fornecer algumas indicações sobre as despesas do consumidor e o mercado laboral.

Na terça-feira é a vez do Departamento do Trabalho apresentar estatísticas sobre a criação de emprego em outubro e na quinta-feira a informação semanal sobre as inscrições para o subsídio de desemprego.

Na sexta-feira é a vez de serem conhecido relatório mensal do governo sobre o mercado laboral, relativo a novembro. Os analistas inquiridos pela FactSet esperam uma criação de 175 mil empregos e que a taxa de desemprego se mantenha em 3,9%.

O mercado laboral tem continuado sólido nos EUA, mesmo que a Fed tenha subido a taxa de juro de referência para combater a inflação, através do arrefecimento do conjunto da economia.

A inflação tem estado a arrefecer desde meados de 2022. O banco central fez uma pausa na sua subida da taxa de juro, depois da subida mais recente que fez em julho.

Os investidores esperam que a taxa de juro se mantenha nos atuais níveis no início de 2024, quando a Fed pode começar a cortá-la do seu nível mais alto em duas décadas.

A próxima reunião do comité da política monetária da Fed (FOMC, na sigla em Inglês) em 13 de dezembro.

Leia Também: Wall Street cai à espera de dados sobre o emprego nos EUA

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório