Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

"Acumular parte do subsídio com salário": Há novidades para desempregados

Veja ainda um exemplo para perceber, na prática, qual é o efeito da medida.

"Acumular parte do subsídio com salário": Há novidades para desempregados
Notícias ao Minuto

07:49 - 04/12/23 por Notícias ao Minuto

Economia Desemprego

Já está em vigor uma medida do Governo que prevê que os desempregados de longa duração possam acumular parte do subsídio de desemprego com o salário, como parte de um incentivo para regressarem ao mercado de trabalho.

Afinal, o que muda? 

"Os desempregados de longa duração que regressem ao trabalho passam a poder acumular parte do subsídio de desemprego com o salário, como prevê a medida excecional de Incentivo de Regresso ao Mercado de Trabalho do Governo", explicou a tutela, numa publicação partilhada na rede social X. 

De acordo com o Executivo, "nos contratos a termo com duração igual ou superior a 12 meses, acumulam o salário com 25% do subsídio de desemprego, do 13.º mês até ao fim do período de concessão".

Exemplo

Um desempregado de longa duração com subsídio de 1.200€ e que consiga trabalho a receber 1.500€: Em 2024, ao celebrar contrato trabalho fica com rendimento conjunto:  

  • 13.º-18.º mês: 2.280€  
  • 19.º-24º mês: 2.040€  
  • 25.º mês até ao fim do subsídio: 1.800€

Leia Também: Recebe subsídios ou pensões? Estas são as datas de pagamento em dezembro

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório