Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
18º
MIN 10º MÁX 20º

UE "não pode voltar atrás" nos direitos dos trabalhadores

A ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, destacou hoje, em Bruxelas, que a União Europeia (UE) "não pode voltar atrás", no reforço dos direitos dos trabalhadores.

UE "não pode voltar atrás" nos direitos dos trabalhadores
Notícias ao Minuto

10:38 - 27/11/23 por Lusa

Economia Ministra

Falando à entrada de uma reunião do Conselho de ministros do Emprego e Política Social da União Europeia (UE), Ana Mendes Godinho referiu que a UE não pode "voltar atrás, neste caminho do reforço dos direitos dos trabalhadores, da valorização dos salários, da capacidade de mobilização de recursos para responder aos grandes desafios que temos".

Por outro lado, Ana Mendes Godinho acrescentou dever ser garantido que "no Semestre Europeu, a dimensão social é prioritária".

O Semestre Europeu, um processo de coordenação das políticas socioeconómicas realiza-se anualmente de novembro a julho, tendo sido lançado, para 2024, em 21 de novembro, pela Comissão Europeia.

Instituído em 2011, o Semestre Europeu permite aos Estados-membros da UE coordenarem as suas políticas económicas, orçamentais e de emprego durante todo o ano e darem resposta aos desafios económicos com que a UE se defronta.

Leia Também: UE. Banco Europeu de Investimento abre centro em Kyiv para reforçar apoio

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório