Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

TAP. Diogo Lacerda Machado ouvido hoje na comissão de inquérito

O advogado Diogo Lacerda Machado, que negociou a reversão da privatização da TAP, vai ser hoje ouvido na comissão de inquérito à companhia aérea, na qualidade de ex-administrador, cargo que deixou em abril de 2021.

TAP. Diogo Lacerda Machado ouvido hoje na comissão de inquérito
Notícias ao Minuto

06:27 - 11/05/23 por Lusa

Economia CPI

Diogo Lacerda Machado representou informalmente o Governo em várias negociações sensíveis, entre as quais a alteração da privatização da TAP levada a cabo na reta final do Governo de PSD/CDS-PP liderado por Pedro Passos Coelho.

As negociações entre o Governo da 'gerinçonça' (PS com apoio do PCP e BE) e o consórcio Atlantic Gateway, de Humberto Pedrosa e David Neeleman, que tinha adquirido uma participação de 61% na TAP, levaram a uma reconfiguração da estrutura acionista, baixando para 45% a parte privada e subindo para 50% a participação do Estado.

A polémica em torno do regime informal em que participou nestas negociações levou António Costa a avançar com um contrato com o advogado e seu amigo pessoal.

Em audição no parlamento, por requerimento do PSD, que exigiu explicações sobre o processo e o seu papel como "negociador", o também antigo secretário de Estado da Justiça disse que começou a negociar a reconfiguração acionista da TAP com os privados "no dia a seguir à posse" de António Costa, "a pedido e sob instruções do primeiro-ministro" e do então ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, a quem prestou "apoio técnico por ter tido a convicção" que a experiência de 30 anos de advocacia e a "familiaridade com os temas da aviação comercial poderiam ser úteis ao Governo e ao país".

Conhecido como "o melhor amigo" de António Costa, Lacerda Machado assumiu depois funções como administrador não executivo da TAP, tendo deixado a administração em abril de 2021, antes de terminar o mandato.

Segundo o Expresso, o então ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, e Lacerda Machado "andaram meses em rota de colisão sobre a estratégia para a empresa", tendo António Costa chegado a "intervir para corrigir o ministro".

Leia Também: CPI da TAP com momento caricato antes de troca de cadeiras na presidência

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório