Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
26º
MIN 17º MÁX 26º

Bruxelas preocupada com impacto de empresas públicas no défice

O Banco de Portugal relatou uma subida da dívida pública na ordem dos 5,2 mil milhões, por comparação com março, e para a qual terão contribuído três empresas públicas. Segundo o Diário Económico, a Comissão Europeia receia que as metas da dívida e do défice acordadas com o Governo venham a ser prejudicadas.

Bruxelas preocupada com impacto de empresas públicas no défice
Notícias ao Minuto

10:38 - 03/06/14 por Notícias Ao Minuto

Economia Banco de Portugal

Em abril, a dívida pública atingiu os 225,9 mil milhões de euros, mais 5,2 mil milhões do que em março. Três empresas públicas em particular terão contribuído para esta subida. Segundo o Diário Económico, de Bruxelas surge o receio de que as empresas públicas prejudiquem os limites de défice e dívida acordados com o Governo.

A maior parte do aumento da dívida em abril é consequência “do financiamento concedido pelo Estado a três empresas públicas – CP. Carris e SCTP, explicou o Banco de Portugal. O financiamento a estas três empresas terá chegado aos 1,5 mil milhões.

Em setembro será introduzido um novo sistema europeu de contas nacionais e o impacto desta mudança é ainda incerto. O efeito positivo que poderá ter no PIB o facto de algumas despesas poderem ser reclassificadas como investimento, pode ser contrabalançado pela inclusão de algumas empresas públicas no perímetro do défice, explica o Diário Económico.

Depois de a dívida praticamente ter atingido os 130% do PIB no último ano, o objectivo para o final de 2014 – acordado entre o Executivo e Bruxelas – é que se situe nos 126,7%.

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório