Meteorologia

  • 25 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 28º

Licenciamentos de construções novas sobem 5,5% em janeiro

Os fogos licenciados em construções novas aumentaram 5,5% em janeiro, em termos homólogos, tendo o consumo de cimento recuado 8,1% e as licenças para obras de construção nova ou reabilitação para habitação caído 11,1%, divulgou hoje a AICCOPN.

Licenciamentos de construções novas sobem 5,5% em janeiro
Notícias ao Minuto

15:23 - 29/03/23 por Lusa

Economia AICCOPN

De acordo com a Síntese Estatística da Habitação, da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), "relativamente ao número de licenças para obras de construção nova ou de reabilitação em edifícios residenciais, no primeiro mês de 2023 totalizaram 1.505, o que traduz uma queda de 11,1%, em termos homólogos".

"Já no que concerne ao número de fogos licenciados em construções novas regista-se, neste mês, uma subida de 5,5%, em termos homólogos, para 2.725", acrescenta.

No mês de janeiro, os dados da AICCOPN apontam que o consumo de cimento no mercado nacional totalizou 274 milhares de toneladas, o que corresponde a uma redução de 8,1% face ao mesmo mês do ano anterior.

Relativamente à evolução do novo crédito à habitação concedido pela banca, aumentou 16,5% no primeiro mês de 2023, face a igual mês do ano passado, perfazendo 1.385 milhões de euros, apesar do aumento de 1,38 pontos base na taxa de juro implícita no crédito à habitação.

No que concerne ao valor mediano da avaliação de habitação estabelecido para efeitos de crédito bancário registou uma valorização de 14,9% em termos homólogos, em resultado de aumentos de 16,4% nos apartamentos e de 11,1% nas moradias.

Analisando em maior detalhe a evolução no Alentejo, a AICCOPN aponta um aumento de 1% do número de fogos licenciados em construções novas nos 12 meses, para 1.189, face aos 1.177 alojamentos licenciados nos 12 meses anteriores.

Destes, 8% eram de tipologia T0 ou T1, 17% de tipologia T2, 48% de tipologia T3 e 27% de tipologia T4 ou superior.

Quanto ao valor de avaliação bancária na habitação, verificou-se, nesta região, uma variação homóloga de 16,1% em janeiro.

Leia Também: Governo e Câmara de Peniche com parceria para construção de posto da GNR

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório