Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 27º

Bolsa de Lisboa acompanha recuperação da Europa e PSI sobe 0,79%

A bolsa de Lisboa fechou hoje em alta, com o índice PSI a registar uma valorização de 0,79% para 5.769,33 pontos, acompanhando a recuperação das principais praças europeias, que tiveram subidas mais expressivas.

Bolsa de Lisboa acompanha recuperação da Europa e PSI sobe 0,79%
Notícias ao Minuto

18:00 - 20/03/23 por Lusa

Economia Economia

Das 16 cotadas que, a partir de hoje, integram o PSI, 12 ficaram em alta e quatro em baixa.

O BCP, único banco que integra o PSI, liderou as subidas e avançou 2,61% para 0,19 euros.

A Mota-Engil subiu 2,30% para 1,51 euros, a Navigator avançou 1,95% para 3,24 euros e a Jerónimo Martins somou 0,88% para 20,66 euros.

Ainda em terreno positivo, a EDP Renováveis subiu 0,70% para 20,08 euros, a Galp 0,38% para 9,93 euros e a EDP 0,32% para 4,76 euros.

Nas descidas, a Sonae ficou no topo (-1,25% para 0,95 euros), seguida da Ibersol (-1,19% para 6,62 euros), que hoje regressou ao principal índice da bolsa de Lisboa.

A Corticeira Amorim recuou 0,52% para 9,63 euros e a Semapa perdeu 0,30% para 13,16 euros.

As principais bolsas europeias encerraram com ganhos, tentando recuperar das perdas da semana passada, marcada por tensão no setor bancário. Milão ganhou 1,59%, Madrid 1,31%, Paris 1,27%, Frankfurt 1,12% e Londres 0,93%.

Hoje, os investidores mostraram-se aliviados após a aquisição do banco Credit Suisse pelo rival UBS e pelas garantias dos bancos centrais quanto à solidez do sistema bancário.

As ações do banco UBS encerraram com uma subida de 1,26% na bolsa de Zurique e as do Credit Suisse, que tem estado em dificuldades, caíram 55,74%.

Leia Também: Prestações de desemprego recuam 12,2% para 183.304 em fevereiro

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório