Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

Precisa de apanhar o comboio? Há "fortes perturbações" a partir de amanhã

Não foram definidos serviços mínimos, pelo que a empresa prevê que todos os serviços sejam afetados até ao dia 21 de fevereiro.

Precisa de apanhar o comboio? Há "fortes perturbações" a partir de amanhã
Notícias ao Minuto

10:51 - 07/02/23 por Notícias ao Minuto com Lusa

Economia Comboio

Se precisa de apanhar o comboio para se deslocar para o trabalho saiba que a partir de quarta-feira, dia 8 de fevereiro, estão previstas "fortes perturbações" na circulação por motivos de greve. Não foram definidos serviços mínimos, pelo que a empresa prevê que todos os serviços sejam afetados até ao dia 21 de fevereiro.

"Informamos que, por motivo de greves, convocadas pelos Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses (SMAQ), Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF) e Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI), para o período compreendido entre as 00h00 do dia 8 de fevereiro de 2023 e as 24h00 do dia 21 de fevereiro de 2023, ocorrerão fortes perturbações na circulação, em todos os serviços, entre os dias 8 e 17 de fevereiro", diz a CP, numa nota publicada no seu site

Na segunda-feira, recorde-se, a transportadora lembrou que o "Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social não decretou serviços mínimos para este período de greves".

O ministro das Infraestruturas, João Galamba, manifestou, também na segunda-feira, "toda a disponibilidade" do executivo para reunir com os sindicatos e tentar evitar as greves na CP.

João Galamba considerou que "há sempre toda a disponibilidade da parte do Governo para reunir e resolver os problemas que se vai enfrentando".

Segundo os sindicatos, em causa está a falta de resposta das duas empresas às propostas de valorização salarial. Para os mesmos, as propostas entregues "ficam muito aquém" dos valores necessários para que seja reposto o poder de compra dos trabalhadores.  

Leia Também: CP. Governo com "toda a disponibilidade" para negociar com trabalhadores

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório