Meteorologia

  • 06 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 6º MÁX 18º

CTT lançaram nova edição do "livro mais antigo do mundo com selos"

Tiragem foi limitada a 6.000 exemplares numerados.

CTT lançaram nova edição do "livro mais antigo do mundo com selos"
Notícias ao Minuto

08:34 - 06/12/22 por Notícias ao Minuto

Economia CTT

Os CTT – Correios de Portugal lançaram a 40.ª edição do livro 'Portugal em Selos', aquele que é o "livro mais antigo do mundo com selos", que reúne as emissões de cada ano, "sempre apoiadas em textos bilingues para melhor correrem mundo", anunciou a operadora de correios.

"Este livro já se tornou num dos emblemas da filatelia, reforçando a marca de Portugal no mundo através dos CTT e dos seus selos", pode ler-se num comunicado enviado às redações. 

Nesta edição, "o autor Jorge M. Martins encontrou 'no traço de união', que a utilização dos selos permite enquanto instrumentos de comunicação, um paralelismo interessante com o livro homónimo de Miguel Torga".

"No ano em que evocamos o centenário do voo de Gago Coutinho e Sacadura Cabral, que mais uma vez uniu os dois povos irmãos, e em que se celebra ainda o bicentenário da independência do Brasil, não haveria melhor tema para dar mote e cor a este repositório dos selos em Portugal, já com 40 anos de existência ininterrupta", revelam ainda os CTT. 

Com uma tiragem limitada a 6.000 exemplares numerados, "esta edição contém a prova de cor da impressão do bloco da emissão 'Primeira Travessia Aérea do Atlântico Sul – 100 anos', 66 selos e 14 blocos, no valor de 100,18 euros", revelam os CTT. 

A operadora de correios destaca que esta é também uma edição que contém os selos da emissão de apoio ao povo ucraniano.

Leia Também: Compras online cresceram 36,2% em 2021. Atingiram 10 mil milhões de euros

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório