Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Dormidas na UE via plataformas 'online' ultrapassam 1.º semestre de 2019

As dormidas em alojamentos de curta duração marcadas via plataformas 'online' subiram, no primeiro semestre, na UE, 138% face ao período homólogo de 2021 para 199 milhões, ultrapassando os 193 milhões dos primeiros seis meses de 2019.

Dormidas na UE via plataformas 'online' ultrapassam 1.º semestre de 2019
Notícias ao Minuto

10:55 - 04/10/22 por Lusa

Economia Alojamento

No primeiro trimestre, o crescimento foi de 148,8% face aos primeiros três meses de 2021 e 4,5% na comparação com o mesmo período de 2019 (antes da pandemia), e no segundo trimestre as subidas foram de 132,9% e 2,5%, respetivamente.

Quinze regiões do bloco registaram mais de um milhão de dormidas marcadas através das plataformas Airbnb, Booking.com, Expedia ou Tripadvisor no primeiro trimestre de 2022, incluindo a de Lisboa e Vale do Tejo.

De acordo com o serviço estatístico da União Europeia (UE), na comparação com os primeiros três meses de 2019 (antes da pandemia da covid-19) as dormidas marcadas através das plataformas 'online' aumentaram 2,5%.

Portugal registou, entre janeiro e março, mais de três milhões de dormidas de curta duração, um aumento de 348,3% face ao primeiro semestre de 2021 e de 1,4% na comparação com o mesmo período de 2019.

No segundo trimestre, as dormidas registadas através das plataformas ultrapassaram os oito milhões, uma subida de 204,9% na comparação com o mesmo período de 2020, mas um recuo de 1,6% face ao segundo trimestre de 2019.

Leia Também: Dormidas de brasileiros em Portugal disparam 748% até julho

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório