Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 16º

TAP. Técnicos de manutenção preocupados com segurança da operação

O Sitema alertou hoje que a TAP está a operar com um rácio de técnicos de manutenção por aeronave abaixo da média internacional, por estar a perder trabalhadores devido aos cortes salariais, e manifestou-se preocupado com a segurança da operação.

TAP. Técnicos de manutenção preocupados com segurança da operação
Notícias ao Minuto

11:24 - 31/03/22 por Lusa

Economia TAP

"O Sitema -- Sindicato dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves está preocupado com as condições dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves e com o impacto que daí pode resultar para a segurança da operação da TAP", alertou o sindicato, em comunicado enviado à comunicação social.

De acordo com os representantes dos trabalhadores, atualmente, a TAP está a operar com um rácio de 1,2 técnicos de manutenção por aeronave, abaixo da média internacional de 3,2 e do período anterior à reestruturação, em que operava com um rácio de 1,44 técnicos por avião.

O Sitema realçou que, devido aos cortes de 40% nos salários e à redução do horário de trabalho, aplicados no âmbito do plano de reestruturação de que a TAP está a ser alvo, existem vários técnicos de manutenção com vencimento abaixo dos 1.000 euros, o que "não é compatível com a formação, exigência e responsabilidade destes trabalhadores altamente especializados".

"A empresa está a perder, a cada dia, trabalhadores para a concorrência, nomeadamente para empresas em Espanha e em França", alertou o sindicato, referindo que é uma situação que se "agravou recentemente" e que faz com que a experiência do grupo de técnicos responsáveis pela manutenção e segurança de funcionamento das aeronaves "seja cada vez menor".

Para o presidente da direção do Sitema, Paulo Manso, "neste momento em que a aviação está em fase de retoma, há procura por Técnicos de Manutenção de Aeronaves como nunca houve e a um nível bastante superior ao que existia na fase pré pandemia", tornando-se, por isso, "bastante tentador trocar de empresa para ganhar quatro a cinco vezes mais do que se ganha na TAP" e com "melhores" condições de trabalho.

"Toda esta perda de 'know-how' conduz, inevitavelmente, a uma diminuição da qualidade do trabalho, e isso preocupa-nos a todos", acrescentou o representante sindical.

Leia Também: Stéphanie Sá Silva. Mulher de Fernando Medina pede demissão da TAP

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório