Meteorologia

  • 16 JUNHO 2024
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 24º

Trabalhadores dos aeroportos vão fazer concentração e greve de uma hora

Os trabalhadores da ANA/Vinci, que detém os aeroportos nacionais, realizam uma concentração e greve de uma hora em 01 de abril, das 12:00 às 13:00, a exigirem aumentos salariais, entre outras reivindicações, anunciou o Sitava.

Trabalhadores dos aeroportos vão fazer concentração e greve de uma hora
Notícias ao Minuto

13:33 - 16/03/22 por Lusa

Economia Aeroportos

"Levaremos a efeito uma concentração de trabalhadores em todos os aeroportos nacionais, dia 01 de abril, das 12:00 às 13:00, com uma hora de greve para que todos possam participar e gritar bem alto o seu repúdio por estas políticas antissociais da empresa", avança o Sitava - Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos, em comunicado.

Os trabalhadores exigem uma atualização salarial "que devolva alguma dignidade aos trabalhadores" e contestam a "decisão obscena, e ainda mais cínica" de a empresa denunciar o Acordo de Empresa.

Segundo o Sitava, em causa está também "a estapafúrdia, ilegal e inaceitável decisão de suspender as contribuições para o fundo de pensões" e os "despedimentos encapotados que apenas são bons para a empresa".

Em dezembro de 2021, o Sitava propôs uma atualização salarial que previa a atualização em cerca de 5% e na última reunião, realizada na quinta-feira, a empresa avançou com uma proposta de 1,5%, "mas pago só no fim do ano e se os resultados fossem" os esperados, conta o sindicato.

"Assim só nos resta o caminho da luta para defendermos quem trabalha", conclui a estrutura sindical.

O sindicato refere que, devido à diferença horária, nos aeroportos dos Açores, a concentração e a greve decorrem uma hora mais cedo.

Leia Também: Trabalho temporário cresce 14% em 2021 para 388.230 colocações

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório