Meteorologia

  • 22 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 27º

BPI vai pagar 194 milhões em dividendos relativos a 2021

O BPI vai pagar um dividendo de 194 milhões de euros relativamente ao exercício de 2021, adiantou hoje o presidente executivo do banco, João Pedro Oliveira e Costa, em conferência de imprensa.

BPI vai pagar 194 milhões em dividendos relativos a 2021
Notícias ao Minuto

13:06 - 02/02/22 por Lusa

Economia BPI

Segundo o responsável, "a proposta aprovada em Conselho [de Administração] é de 50% do 'payout' do resultado de Portugal e 100% das participadas em África, ou seja, o BFA e o BCI, o que dará um dividendo de 194 milhões de euros relativamente a 2021", salientou.

Em 01 de outubro do ano passado, o BPI procedeu ao pagamento de dividendos de 2019 e 2020 no valor de 129,7 milhões de euros, depois de terem sido levantadas as restrições a estas operações, emitidas no contexto da pandemia de covid-19.

O BPI registou, em 2021, um lucro consolidado de 307 milhões de euros, um crescimento de 192% face aos 105 milhões de euros de 2020, foi hoje anunciado.

Segundo o banco, na atividade em Portugal, o resultado líquido recorrente do BPI ascendeu a 200 milhões de euros, o que compara com os 84 milhões de euros registados em 2020.

"O resultado como reportado em Portugal, que inclui custos não recorrentes com reformas antecipadas e rescisões voluntárias, ascendeu a 179 milhões de euros em 2021 (66 milhões de euros no ano anterior)", sendo que o contributo da participação no BFA para o resultado consolidado foi de 106 milhões de euros (que inclui os 40 milhões de euros do dividendo de 2020 e 50 milhões de euros da distribuição de reservas reconhecidas em resultados)", referiu a instituição, num comunicado, indicando ainda que o contributo da participação no BCI foi de 23 milhões de euros em 2021".

Por outro lado, "os depósitos de clientes aumentaram 11%, totalizando 28.872 milhões de euros" e representando "71% do ativo", constituindo assim "a principal fonte de financiamento do balanço", destacou o BPI.

Por sua vez, "a carteira total de crédito a clientes (bruto) aumentou 7,1%" face ao ano anterior, "para 27.529 milhões de euros, o que corresponde a um incremento de 1.834 milhões de euros", destacou o banco.

Leia Também: Cabo Verde alerta para instabilidade na África Ocidental

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório