Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Dez milhões para promover (até 2023) Portugal como destino turístico

O Governo autorizou o Turismo de Portugal a gastar nos próximos dois anos até 10 milhões de euros para campanhas de publicidade digital, verba na maioria (7,5 milhões de euros) destinada a aplicar em 2022, segundo portaria hoje publicada.

Dez milhões para promover (até 2023) Portugal como destino turístico
Notícias ao Minuto

11:09 - 14/01/22 por Lusa

Economia Turismo

As secretárias de Estado do Turismo, Rita Marques, e do Orçamento, Cláudia Joaquim, pelo despacho assinado no final de dezembro e hoje publicado, autorizam encargos plurianuais decorrentes da contratação de serviços de planeamento, implementação, otimização e acompanhamento de compra de meios para a campanha de publicidade digital do Turismo de Portugal, até ao montante de 10 milhões de euros (ME).

Para promover Portugal como destino turístico, o Turismo de Portugal vai executar em 2022/2023 uma campanha internacional de turismo em meios digitais.

Segundo o diploma, já foi lançado um procedimento pré-contratual para um acordo-quadro, "celebrado com uma entidade" nos termos do Código dos Contratos Públicos, destinado à aquisição de serviços de planeamento, implementação, otimização e acompanhamento de compra de meios para a campanha de publicidade digital do Turismo de Portugal.

"Assim, importa preparar as condições para que o Turismo de Portugal, cumprindo as responsabilidades que lhe estão cometidas, possa, face ao contexto existente, preparar a execução de campanha de publicidade, no âmbito do acordo-quadro celebrado", justificam as governantes.

Leia Também: Dormidas e hóspedes mantêm crescimento, mas ainda abaixo de 2019

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório