Meteorologia

  • 28 MAIO 2022
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 27º

Galp aquece paragens de 'bus' em Lisboa e no Porto com anúncio do Hotspot

Campanha decorre até dia 14 em paragens nas Amoreiras, Saldanha e Restauradores, em Lisboa, e na Foz e em São Bento, no Porto.

Galp aquece paragens de 'bus' em Lisboa e no Porto com anúncio do Hotspot
Notícias ao Minuto

16:39 - 03/12/21 por Notícias ao Minuto com Lusa

Economia Galp

A Galp lançou esta semana em cinco paragens de autocarro de Lisboa e Porto uma nova campanha promocional à gama de aquecedores Hotspot recorrendo a múpis que emanam calor, anunciou hoje a empresa.

Desenvolvida em parceria com a DDB, a Mediacom e a JCDecaux Portugal e focada nos atributos dos aquecedores Hotspot, a campanha decorre até dia 14 em paragens nas Amoreiras, Saldanha e Restauradores, em Lisboa, e na Foz e em São Bento, no Porto, e "destaca o registo sofisticado e visualmente atrativo que distingue estes aquecedores, sublinhando que não são apenas sinónimo de calor, mas também de 'design', eficiência e poupança".

"Todos estes atributos ganham destaque num contexto a que ninguém fica indiferente: a envolvência criada para as paragens de autocarros tem como ponto alto o facto de os múpis emanarem calor e aquecerem os abrigos onde as pessoas esperam", salienta a Galp.

Com esta campanha, a Galp diz "endereça[r] também a questão da eficiência energética dos lares em Portugal e a necessidade de oferecer alternativas competitivas e confortáveis como os Hotspot, que fazem da sua portabilidade um trunfo para garantir que o calor acompanha os seus clientes onde eles estiverem".

Leia Também: Galp. Georgios Papadimitriou nomeado diretor de operações para renováveis

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório