Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
12º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Menos voos no Porto? TAP recusa haver "qualquer tendência de decréscimo"

A companhia aérea diz que "qualquer análise que se procure fazer ao tráfego de passageiros em período de pandemia e de fortes limitações à mobilidade e livre circulação de pessoas assenta em bases que nada têm a ver com o regular funcionamento do mercado". 

Menos voos no Porto? TAP recusa haver "qualquer tendência de decréscimo"

A TAP recusou, esta quinta-feira, qualquer tendência de decréscimo na sua quota de mercado no aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, em resposta à notícia do Jornal de Notícias que dá conta que a companhia aérea representa 10% dos voos com destino a partir do Porto, ou seja, que só um em cada 10 passageiros que passa por aquele aeroporto é transportado pela empresa portuguesa

"De acordo com os relatórios da ANAC, a TAP duplicou a sua quota de mercado no aeroporto Francisco Sá Carneiro em número de passageiros transportados. Essa quota foi de 10% no terceiro trimestre, conforme referido pela ANAC, quando no trimestre anterior era de 5%. Não há, portanto, qualquer tendência de decréscimo, bem pelo contrário, esta duplicação mostra um crescimento que se espera que continue", diz a companhia aérea, em comunicado enviado às redações. 

A companhia aérea diz que "qualquer análise que se procure fazer ao tráfego de passageiros em período de pandemia e de fortes limitações à mobilidade e livre circulação de pessoas assenta em bases que nada têm a ver com o regular funcionamento do mercado". 

Além disso, acrescenta que o "mercado português, no seu todo, representa, em circunstâncias normais, menos de 20% do total dos passageiros transportados pela TAP" e que "os mercados do Brasil e Estados Unidos representam um grande volume dos passageiros transportados pela TAP e, devido à pandemia, no trimestre em causa existiam ainda fortes restrições às viagens de e para esses países".

Já esta quinta-feira, o presidente da Câmara Municipal do Porto, o independente Rui Moreira, afirmou, na sequência de dados divulgados sobre os voos da companhia aérea portuguesa a partir do Porto, que a TAP "não tem nenhuma utilidade" para a cidade.

Na mesma nota, a TAP diz que "é uma companhia com um modelo de negócios de 'hub and spoke', com 60% dos seus passageiros a fazerem em Lisboa a ligação entre voos que não têm como destino ou origem final Portugal".

Leia Também: Fomos ao Saraiva's experimentar tapas e cerveja - e contamos-lhe tudo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório